MEU JARDIM NAS NUVENS

3665949368?profile=RESIZE_710x

MEU JARDIM NAS NUVENS
Eu gosto, do céu, aqui não me falta nada,
Dia sim, dia não, tenho liberdade para regar meu
Jardim nas nuvens, não guardo mágoas e nem
Digo que me repudiaram na existência terrena...

Jamais quis atrapalhar a vida da minha família
Um filho que não me quis, não olhou nem a mãe
Dele, jamais olharia o pai, sem força em uma das
Pernas eu só andava com o auxílio de um andador.

Fugindo da responsabilidade meu filho me deixou
Num asilo, mas, tive a morte que sempre quis faleci
Enquanto adormecia, a morte de quem se ama gera
Lágrimas cruciantes, a minha morte com certeza não.
SAM MORENO

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gestores

    3744347053?profile=RESIZE_930x

  • Maravilhoso!

    Emocionada eu aqui!!

    Beijos

     

     

  • Gestores Adm

    Duro este fim, mas a realidade é feita da dureza das coisas cruéis.

    Aplausos pela inspiração.

    Parabéns!

  • Gestores

    *** * ***
    Quem o lê e sente quando encena o seu "Cara a Cara"
    De repente, não tão raramente, tua nova face depara
    Permeando pelos caminhos das tristezas e da alegria
    a Imagem cria vida e sentimentos nesta tua Poesia!!!

    Nossos Aplausos Hollywoodianos - Menino SAM!!!
    gaDs

  • Gestores

    3410128396?profile=RESIZE_710x

  • Uma poesia de extremo toque emotivo. Muito belo seu poema. Parabéns

    • Agradecido poetisa Lilian Ferraz!

  • Bela poesia, Sam! Sentimental e triste, mas 

    jamais deixou a tristeza deixá-lo desanimado

    na outra vida! Bjs.

    • Mena como vai tudo bem? Agradecido pelo seu gentil comentário.

  • Muito bela poesia. Muitas vezes é isso mesmo que acontece. Muitos idosos vão para o asilo, e só desejam a morte

This reply was deleted.
CPP