SEM VOCÊ

SEM VOCÊ

Percebo a vida passar,

esvair-se em minhas mãos.

Sigo sem reclamar,

mesmo sangrando-me o coração.

 

Em minh ’alma nada está,

só o vazio da solidão.

E continuo a te esperar

mergulhada em ilusão.

 

E assim, sigo a vida,

agarrando-me à lembranças,

que eternizo em poesias,

único combustível da esperança.

Marta Biscoli

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP