A esperança é meu sombreiro

Um fruto que me alimenta
dá força e traz sempre mais o querer
faz ferver o sangue em minhas veias.
A esperança é motivo do meu viver
faz rever meus olhares
esperança, se refaz a cada sentimento
leva o amor e busca sempre a felicidade
embebedando no líquido frio
calmo e sonífero na madrugada
na aurora do dia que chega
adormeço nos braços da solidão
tecendo os fios dourados da saudade.

José Hilton Rosa

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP