Apelo

Glosa

Mote

"Eu quero uma licença de dormir,
perdão pra descansar horas a fio."

Apelo

Cansada de seguir a minha estrada;
Sem ter consolo, sem um ombro amigo.
Sigo sozinha, sem ninguém comigo.
É estressante toda essa caminhada.
Tão solitária ver a madrugada
Sem ter alguém pra acobertar no frio
Do uivo da noite, senti calafrio;
Com medo, sem ter para onde fugir.
"Eu quero uma licença de dormir.
perdão pra descansar horas a fio."

Márcia A Mancebo
01/02/2021

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP