Gestores

EntreLinhas das vidas (Dueto Marsoalex / Zeca Feliz)

4354969868?profile=RESIZE_710x

Entre linhas das vidas

Neste mundo onde tudo são Poesias
os Poetas são das vidas fingidores
transformam até as noites em dias
pintam a vida du’a cor em multicores

São confusas suas poesias imortais
Pois ninguém pode ler deles a mente
As calmarias logo viram vendavais
E o culpado transforma-se inocente

E a gente à quem o Poeta dá guarida
Percorre com eles as mesmas vias
Pouco importa se a sua poesia é lida
Se falam tristezas ou são de alegria

Mas viver, só vive aquele que semeia
O amor na eterna Dimensão do Amar
Todo o dia é qual fosse a ultima ceia
e a vida aguarda a hora de se apagar!

Zeca-Feliz - 07/04/2020 - gaDs

Z F

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP