Estrada dos Silencios

4351627046?profile=RESIZE_710x

Nos ecos do Silêncio*
me vejo na Estrada um dia
conversando com os Ventos
que me inspiram Poesia

Doces palavras me invadem*
sinto que dos altos advindas
sabendo que o inicio das vidas
é onde cada Estrada finda

Como sopros de ternura*
a Estrada se faz florida
Sem pressões ou depressão
sinto novo alento à vida!!

NdA: Versos com asterisco (*) no final
fazem parte da Poesia Tema da Marsoalex

Z F

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP