SELVA DE DESEJOS INTENSOS

GLOSA

MOTE

“Contigo cada dia um pouco aprendo

  as ciências desta selva que nos une”

 

“Nunca sei como sou

(sei que sou bem contente

Quando contigo estou”

(Thiago de Mello- Manaus- A M)

Do livro Mormaço na Floresta- (1981)

 

SELVA DE DESEJOS INTENSOS

 

“Contigo cada dia um pouco aprendo”

Nos seus braços tão aconchegantes

Assim o amor vou me envolvendo

Emoções tão fortes nesses instantes

 

Fazer amor, nossa chama atrevida

“as ciências desta selva que nos une”

Mexe com toda estrutura da vida

Como gosto do suor, teu perfume

 

Em grande ansiedade estou

Para com você me encontrar

“nunca sei como sou”

Só penso em te amar

 

Só queremos focar no prazer

Nós dois juntos tão envolventes

Nossos corpos querem é viver

“(sei só que sou bem contente)”

 

Nosso desejo é enlouquecedor

Não há palavras, no prazer eu vou

Saciando toda volúpia de amor

Quando contigo estou”

 

(NORMA A S DE MORAES)

 

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP