Poesias

AQUELE MENINO

Os olhos daquele menino,
tão belos de se olhar,
não podem acompanhar seu destino
ver a cor do céu
ou admirar o mar...

Mas leva a vida sorrindo,
jamais se pôs a reclamar,
diz que sentir é tão lindo,
tão precioso,
que é como enxergar.

E lá vai aquele menino,
sozinho em seu caminhar...
Sorrindo à todos que passam,
admirando o cantar dos pássaros
tentando nos ensinar
sentir, tocar, amar.

                                                                                                  Paolo Lim

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Adm

    Que belo poema!

    • Só tenho agradecer a força e incentivo que me proporciona, Edith Lobato. Bjs do Paolo.

  • Como o menino de teus versos, uma criança sempre tem muito a nos ensinar. Lindo, Paolo! Bjs

    • ... E nos lembrar que as dores são superáveis, não é Marsoalex ? Bjs do Paolo.

  • Com certeza um menino especial e que tem muito a nos ensinar! Linda poesia! Aplausos e abraços poeta!

    • Fico-lhe grato pelo comentário com o qual concordo inteiramente... Bjs para você Luciana Mara Drumond.

This reply was deleted.
CPP