Poesias

Ali Babá

Ali Babá
Esperei por ti papá
para me contares uma história
queria ouvir Ali Babá
para me ficares na memória.

Eram três da madrugada
tomei o ultimo biberon
mudei a minha fralda
aconcheguei-me no edredon.

Porque não apareceste
eu já tinha tomado banhinho
nem sequer me adormeceste
nem me deste um beijinho.

Ainda tentei brincar
fingi que eu, eras tu
mas não sei como começar
sem aprender o : a, e, i, o ,u.

Aqui fiquei a soluçar
que ás tantas adormeci
nem se quer te ouvi chegar
do Ali Babá me esqueci.

Cristina Maria Afonso Ivens Duarte

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Cristina Ivens Duarte

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP