Minha Página

Mena Azevedo Leite commented on Ricardo Nunes de Sales's blog post CONFESSO
"Belo poema! Que confissão, hein, Ricardo!
É bom ter consciência dos nossos atos e,
assim, poder confessar! Bjs."
Há 2 horas
Mena Azevedo Leite commented on Livita Silva's blog post Sunset da Paixão
"Livita, excelente trabalho,! Muito lindo! bjs."
Há 2 horas
Mena Azevedo Leite commented on Marcia Aparecida Mancebo's blog post ...os dias mais belos.m
"Belíssimos teus versos, Márcia! Exímia poeta dops versos doces e tristes! Bjs."
Há 2 horas
Mena Azevedo Leite commented on Frederico de Castro's blog post Ontem a solidão...
"É verdade, Elaine! Show de versos, show de palavras e show de conteúdo!
E ainda me deslumbrei com o show de imagem! Bjs."
Há 2 horas
Mena Azevedo Leite replied to Cristina Maria Afonso Ivens Duar's discussion " A boca fala e o tempo dá o troco " in TemaPoesia
"Bravo! Que belo poema! Tudo encaixadinho no seu devido lugar!
Parabéns, mestra! Bjs."
Há 2 horas
Mena Azevedo Leite commented on Mena Azevedo Leite's blog post Lembranças - Poetrix
"Obrigada, Edith! Bjs."
Há 2 horas
Mena Azevedo Leite commented on Mena Azevedo Leite's blog post Visão
"Muito obrigada, Edith! Linda mensagem! Bjs."
Há 2 horas
Mena Azevedo Leite commented on Ilario Moreira's blog post Paquera na noite
"Bravo, poeta! Lindo poema! Bjs."
Há 7 horas
Mena Azevedo Leite commented on ZKFeliz's blog post O Amor está no olhar
"Belíssimo poema, Zeca! O olhar diz muito e, através dele,
percebe-se o amor! Ótimo domingo! Bjs."
Há 7 horas
Mena Azevedo Leite posted blog posts
Há 7 horas
Mena Azevedo Leite commented on Mena Azevedo Leite's blog post Meu mergulho
"Muito obrigada, Sam! Você me incentiva muito
com seus comentários! Ótimo domingo! Bjs."
Há 8 horas
Mena Azevedo Leite commented on Marsoalex's blog post DESTINOS ADVERSOS
"Verdade, Marso! O amor, quando verdadeiro e forte, não muda! Tudo muda, menos esse amor... Grande poema! Bjs."
Há 8 horas
Mena Azevedo Leite commented on Marsoalex's blog post SAUDADE EM ESPERA
"Muito linda a tua inspiração! Bjs."
Há 8 horas
Mena Azevedo Leite commented on Marsoalex's blog post RISCOS
"Poesia que traz para nós todos a realidade! Correr riscos faz
parte da vida! Ótima! Bjs."
Há 8 horas
Mena Azevedo Leite commented on Mena Azevedo Leite's blog post Esse corpo...
"Oi Marcos, muito obrigada pela visita e gentil comentário!
Gosto tanto das suas brincadeiras! Isso faz bem ao nosso
coração! Feliz domingo! Bjs."
Há 8 horas
Mena Azevedo Leite commented on Mena Azevedo Leite's blog post Esse corpo...
"Obrigada, Sam! Feliz domingo!"
Há 8 horas
Mais…

Meu Blog

Meus Recados

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e das Poesias.

Join Casa dos Poetas e das Poesias

Comentários

This reply was deleted.

Minhas Informações

Aniversário:

Abril 24


Qual seu nome completo?

Filomena Azevedo Leite


Sexo?

Feminino


Data de nascimento

24/04/1952


Local de residência (apenas Cidade / Estado / País)

Brumado-Bahia


Item fundamental para aprovação. Fale sobre você ((trabalho, experiências, gostos e ou preferências, familia, produção poético-literária....).

Sou uma pessoa simples, fraterna e que vive em busca do seu crescimento espiritual. Romântica, gosto de ler e escrever, principalmente poesias. Não sou poetisa, apenas uma aprendiz, que quer crescer junto aos companheiros deste site. Aprecio as boas amizades e sou sincera com meus amigos e amigas.


Minhas Discussões

Esse corpo...

Esse corpo...   Sob a curvatura do teu dorso Está o ventre abençoado Que tantas vezes pleno de amor Foi porta de entrada para se consumar O milagre da vida, luzes do coração...   Rendo-me à beleza dessa escultura Que desabrocha como as flores…

Saiba mais…

pode o amor viver sem sexo?

Pode o amor viver sem sexo?   Pensar no amor numa outra dimensão Que ultrapasse as fronteiras do puro sexo Pensar no amor que é luz, vida e emoção É divisar o sentimento num pensar complexo...   O amor do sexo pode, sim, abstrair-se Se já não se…

Saiba mais…

Amigo

Amigo Esse pelo sedoso, esse olhar profundo Trazem à tona uma saudade que machuca Meu coração que chora a tua ausência!   Foste para mim um amigo de todas as horas Meu cão, meu guarda, meu companheiro Fiel, cujo cuidado jamais foi esquecido!   Manhã…

Saiba mais…

Seu corpo cálice recebe o meu vinho

Seu corpo cálice recebe o meu vinho   Vi seu corpo a refletir desejo Na noite entediada de insônia Cálice para receber meu beijo Venha, amor, sem cerimônia!   Tenho o vinho mais doce e suave Brota do meu ser em rubra cascata Desliza pelo seu corpo,…

Saiba mais…

Fenda

Fenda   Abriu-se uma fenda na terra ressequida Esquecida, devastada por mãos insanas No afã de encontrar o eldorado na lida Que não dá trégua nessas ações levianas.   Desce no seio da fenda sombria um fio D’água límpida que contrasta com a terra…

Saiba mais…

Silêncio!

Silêncio! Uma nuvem de esperança me cobriu Lembrei-me de minha mãe nessa hora Em que tudo silenciou em volta de mim!   Onde estaria ela, a deusa da minha vida Que sonhou comigo os sonhos mais doces Que me levou a caminhos mais floridos?   Saí…

Saiba mais…

Amar assim... Só em você

Amar assim...Só em você   A beleza da vida está em amar E, a cada dia, receber afago Na noite, no dia, à beira-mar Em gesto simples ou fidalgo.   É maravilhoso andar pelos jardins Observar as flores e as borboletas No caramanchão, cheirar jasmins…

Saiba mais…

Miragem

Miragem   Fez-se um clarão de repente E como uma jovem tímida A lua surgiu lentamente Derramando sua luz argêntea Sobre uma imagem fluida...   Num lascivo encanto, um perfil Vislumbro na claridade lunar Olhar sereno, semblante viril E o pensamento…

Saiba mais…

Quando, enfim, te encontrei

Quando, enfim, te encontrei   Era inverno e eu tiritava enregelada Estava ali deitada num duro banco A estação estava cheia, superlotada Pessoas desconhecidas em solavanco.   Maltratada, desiludida, abandonada Deixei meu lar e caminhei pela rua…

Saiba mais…

Revelação

Revelação   Com um vestido negro cor de azeviche A dama de silhueta esguia escreve Inspirada na noite, seu fetiche Para revelar sua índole leve.   De posse da sua pena, em nostalgia Esbarra em pensamentos e transmuda A face apreensiva em calmaria…

Saiba mais…
CPP