Todos os posts (8004)

RENASCER DAS CINZAS

 

3824668925?profile=RESIZE_710x

RENASCER DAS CINZAS

Me descobri no oculto
Olhando ao longe,
Vi uma estrada infinita
Fui a luta com calma
Para não me estressar
Apenas usei as armas
Que eu tinha para lutar
Não me espelhei em ninguém
Isso não me faria nenhum bem
Porque, quando me olh

Saiba mais…

GOSTO QUE GOSTO...

3824193514?profile=RESIZE_710xGOSTO QUE GOSTO...


Gosto da sua maneira de amar
Com seu jeitinho tímido de olhar
Com seu jeitinho de ir chegando devagarzinho,
Para me beijar e me acariciar.
Nessa hora sinto-me como se flutua-se
Entre o céu e as estrelas.
Uma sensação de bem estar comigo

Saiba mais…

Assim me Fizeste

Assim me fizeste

 

Nasci sem nada,

Tal como toda a gente.

Fui criança amada,

Não o é toda a gente.

Cresci com dificuldades,

Muitos crescem assim.

Recebi amor e amizades,

Outros têm outro fim.

A vida deu-me um sorriso,

No amor de meus pais.

Esse é o bem mais prec

Saiba mais…

O Passarinho Grato

O Passarinho grato

 

Francisquito regressava a casa, quando ouviu algo que lhe pareceu o piar de aflição de algum passarinho. Imediatamente um pensamento lhe aflorou à ideia, aquilo só podia ser obra do menino Vítor.

Vitor era um jovem, mais ou menos da

Saiba mais…

Sexo Virtual

Sexo Virtual

 

Hoje tudo parece normal,

Há desculpas para tudo,

Até quem sem acto sexual,

Se pense pai, e não cornudo.

 

Engravidou por via virtual,

Ela lhe diz com convicção,

Para ele é muito natural,

Ela enganá-lo, isso é que não.

 

Valha-nos a nova tecnologia

Saiba mais…

Idealista no Mundo Real

Idealista no Mundo Real

 

De tanto vos poderia falar,

mas de que isso me serviria?

De nada, vos posso afiançar,

Aliás, alguém me ouviria?

 

Poderia falar-vos da vida,

Minhas tristezas ou meus amores,

Também uma ou outra perdida,

Minhas alegrias, minhas dores.

 

Saiba mais…

Descrença

 

Sou descrença de mim mesma

Quando fugidia

Aguardo o acontecer

Medo de ir além?

Não sei...

Nunca tentei

Inerte espera

Que me faz calar

E tudo passa depressa

Na cética oração

Que insisto rezar

 

 

Suzete Palitos

Saiba mais…

Viajando em Alves Redol

Viajando por Alves Redol

 

Ler um livro de Alves Redol

É fechar os olhos e sonhar,

Ver “Avieiros” num dia de sol,

“Constantino a guardar

Vacas e Sonhos” e sobre a mole

De “Marés” do Tejo, navegar.

Lezíria Ribatejana em calmaria,

Adorando “Uma Flor Chamada Mar

Saiba mais…

Alma de Poeta

Alma de Poeta

Alguns pensam em guerra,
Outros sonham com amor.
Alguns destroem a terra,
Outros desejam-lhe o melhor.

Alguns matam a esperança,
Outros aspiram liberdade,
Alguns nunca foram criança,
Outros não acusam a idade.

Alguns não sabem amar,
Trazem

Saiba mais…

Viajando nas Letras

Viajando nas letras

 

Depois de ler Camões,

Ou António Aleixo,

E imaginar tais paixões,

De nada mais me queixo,

E, nas asas das ilusões,

Deixar-me ir, eu deixo.

Ah, Barbosa do Bocage,

Onde tudo interage.

 

Camilo Castelo Branco,

Num “Amor de Perdição”

Eça de Quei

Saiba mais…

Horas Mortas

Horas mortas

Ah, como me importam
Aquelas horas mortas,
É nelas que choram
Viúvas atrás das portas.

Choram suas dores,
Temendo a solidão,
Perderam seus amores
Ficou-lhes a escuridão.

Descida vertiginosa
Que não leva a nada,
Matando a viúva chorosa.

Nada mais faz

Saiba mais…

As Pedras do Caminho

As Pedras do Caminho

 

Lourenço reviu-se a recuar cerca de 25 anos no tempo. O choro daquele menino teve esse condão de o fazer regressar à sua própria meninice. Não que a sua meninice tivesse sido coberta de manto dourado, ou prateado que fosse, mas t

Saiba mais…

Arrependimento

Arrependimento

 

Miguel e Laura estão a escassos minutos de se tornarem marido e mulher. Miguel veste um elegante fato, com casaco de aba de grilo, escuro, o que realça, ainda mais, a sua beleza de origem exótica, onde sobressaem os olhos verdes e o ca

Saiba mais…
CPP