Minhas Atividade

Bruno Alves commented on ZKFeliz's blog post Edith A Amor...
"Muitos parabens Edith !"
Jan 9
Bruno Alves commented on Marta Biscoli's blog post Moço
"O teu poema é maravilhoso! identifico-me com ele pois é de amor quefalas e eu gosto do amor... Está optima a composição e brilhante a verdade como o compões."
Jan 9
Bruno Alves posted a blog post
Amo-me É dia e eu aqui, assim , sei lá estar assim... Ontem á noite estavas aqui! hoje és o mar sem fim e o mar ali. Creio viver o momento com o meu peito aberto e suave á linha da vida... Acredito ser correto e leal ao meu geito! e ao meu geito q…
Jan 9
Bruno Alves commented on MARGARIDA MARIA MADRUGA's blog post FELIZ ANIVERSÁRIO BRUNO ALVES!
"Não é demais agradecer porque o sentimento que gere a gentilesa é maior e, sinto me grato por estar nesta casa e a seguir com todos vós a vida dentro da poesia ou a poesia nela.É de facto confortavel a vossa amizade. um muito obrigado"
Jan 9
Bruno Alves commented on MARGARIDA MARIA MADRUGA's blog post FELIZ ANIVERSÁRIO BRUNO ALVES!
"Um muito obrigada Margarida do fundo do coraçao! e tanbem a esta Casa que é sempre a nossa casa. Peço tanbem a vossa compreenção pois ultimamente não tenho escrito nada... tenho sentido alguma inspiração como é normal mas nao a tenho posto em pratic…"
Jan 8
Bruno Alves e Nieves Merino Guerra agora são amigos
15 de Dez de 2019
Bruno Alves commented on Bruno Alves's blog post Meus versos
"Muito obrigado !"
5 de Set de 2019
Bruno Alves commented on Bruno Alves's blog post Meus versos
"Obrigado"
31 de Ago de 2019
Bruno Alves commented on Bruno Alves's blog post Meus versos
"Obrigado"
31 de Ago de 2019
Bruno Alves commented on Bruno Alves's blog post Meus versos
"obrigada Edith beijinhos"
28 de Ago de 2019
Bruno Alves e Sidnei Piedade agora são amigos
28 de Ago de 2019
Bruno Alves commented on José Lopes Cabral's blog post O mendigo e o seu cachorro Nick.
"Bonita quadra. 
Parabens pelos seus versos."
26 de Ago de 2019
Bruno Alves commented on Assis Silva's blog post Sesta
"Que bela sesta! o poema está espetacular 
porem nao cheguei a perceber se sonha acordado ou se estava mesmo a dormir.
Parabens pelos versos"
26 de Ago de 2019
Bruno Alves commented on Sidnei Piedade's blog post Navegando em teus sonhos_Sidnei Piedade_Imagem Beijarosa
"Linda alma, bela emoção de amar alguêm e sonhar. Gostei muito. o poema é muito bom.
continue"
26 de Ago de 2019
Bruno Alves commented on Paulo Sérgio Rosseto's blog post SINA
"Bela apreciaçao ao momento em que damos valor ao tempo que perdemos a olhar o mar."
26 de Ago de 2019
Bruno Alves commented on Sirlanio jorge Dias gomes's blog post Simbiose
"Achei porem um pouco complexo mas os versos são muito ricos e explicitos. bom trabalho"
26 de Ago de 2019
Mais…

Amo-me

Amo-me

É dia e eu aqui, assim , sei lá estar assim...
Ontem á noite estavas aqui!
hoje és o mar sem fim
e o mar ali.

Creio viver o momento com o meu peito
aberto e suave á…

Saiba mais…

Meus versos

Meus versos 

O que sonho
E o que sinto
É meu...

que mais seria
se explica-se
o sabor que sinto
quando te beijo?

Eu leio o universo da minha vida
E escrevo só porque me apetece
Faço-o por…

Saiba mais…

Quadros

Quadros

Tenho telas de quadros que pintei
e molduras de outros quadros ainda por pintar
Que em cada traço de verdade me ceguei
e ao observa-los não sei mais do que chorar.

Emociona-me a alma entre as…

Saiba mais…

Sentir

Sentir

A tarde do dia de ontem beijou-me
E o luar abraçou-me á noite desde a lua
Amor, vives noutro planeta?
E o amor anda por aí...!

É me tao real o que sinto,
Como o vento a passar-me pelo ouvido
Que todos os…

Saiba mais…

Mais um dia

Mais um dia 

A velha luz dos postes longe de mim
Que tremiam aos meus olhos
E que eu sorria por ter de as ver assim
Hoje, são apenas luzes e postes.

Hoje, parece que fingem estar lá...
Antes eram luzes…

Saiba mais…

Na praia sem ti

Cantam gaivotas teu sentimento
Voam livres em tua liberdade
Sinto melâncolia não te ver neste momento
É duro saber essa realidade.

Sinto saudades tuas na praia, a chorar...
Vejo as nuvens a irem embora,
Creio em mim,…

Saiba mais…

O tempo que já passou

Oh tempo pára!
Pensa em mim!
Pára despercebido,
Nao deixes o inicio ter fim...

As coisas boas são para se saborear
Passa devagar ...
Nao sei o que o meu coração tem
Mas ele está a reclamar.

Será que foi mais um…

Saiba mais…

Lagoa Azul

Lagoa Azul

Naves e cometas, intrusos do nosso espaço
Alheios á física que nos entrelaça
O tempo voa ,não passa...
Em amor e paixão de cada pedaço

O teu vestido sai vestido
Pelo meu corpo, teu agasalho
Por ti…

Saiba mais…

Mágica geada

Mágica geada

Vai alta a noite desinibida
Ouve-se silêncio, louvor...
Na luz pálida da lua escondida
Revejo-me a mim mesmo, amor...

E no ar que arrefece as baladas
Toda a sua fria melodia faz cair
No céu e nas…

Saiba mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Janeiro 8


1) Qual o teu nome completo?

Bruno Alves


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

8 / 1


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Sintra , Lisboa, Portugal


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Carpinteiro


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

A propria poesia e o prazer de comentar e ler outros poemas.


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

Sim


10) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

Sim


11) Caso possua, deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://Nao sei


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

Luz Já não vejo o teu lindo olhar Era ele que sossegava a minha alma E despi-á, sempre que por ele ousavas falar, Ai que saudade que não se acalma! Hoje fui ver o mar e o céu Como se os roubasse só pra mim Fechei os olhos e tirei o chapéu Refleti sonhos , enfim... Quem me dera escrever poesia Na luz do teu olhar. versos cheios de ternura macia Pra na minha boca os poderes beijar. Bruno Alves


CPP