Posts destacados (3412)

Classificar por

SONETO DO GRILO

 

8418847670?profile=RESIZE_710x

O grilo cantava vitória
A cigarra se fez presente
Disse estar descontente
Com toda aquela história.

O grilo ficou triste
Sua viola guardou
Bem mansinho ele falou
Vou embora, logo que insiste.

E foi o grilo dormir
Cada um tem sua razão
A cigarra tinha

Saiba mais…
Comentários: 8

Abro as janelas...

8427275275?profile=RESIZE_400x

 

Abro as janelas no de repente
o que vejo, realidade
marcado ao passo
tão real no tato
que se pega
a perceber
a dureza
do ver
aqui

.


Abro as janelas lentamente
o que vejo, me assusta
o querer mudar vem
está tão perto, sei
mesmo estando
certo alcance
tudo tem
seu je

Saiba mais…
Comentários: 12

Saudade

Saudade

Ouço o badalar do sino distante
e seu eco chega a mim como gemido
O dobre que tem o sino é de instantes
de tristeza do amado ter partido.

Unem - se as minhas horas nos meus dias
um tempo de beleza e brancos lírios,
D' uma grande ilusão com fant

Saiba mais…

Sou mulher

Sou mulher.

Um dia acreditei em teus carinhos
Teu jeito sensual me conquistou
Essa união sacralizamos no ninho
Perdida em sonhos a vida me domou.

Fui tua...foste meu....e assim, nós
seguimos nossos dias de mãos dadas.

Foram tantas alegrias e tantas agru

Saiba mais…

DELÍRIOS DE UMA ROSA...

8436990289?profile=RESIZE_400x

 

DELÍRIOS DE UMA ROSA...

 

Nervos ao redor das pétalas,

Textura do exaltar da sua pigmentação,

Banhada pelo orvalho da inspiração,

No silêncio solta suas falas...

 

Exala o odor nos versos sem pudor

Que fluem a inebriar o espaço

Desperta os sentidos, louca fl

Saiba mais…
Comentários: 6

Sabedoria

Sabedoria

Quem tem no intimo bondade
Passa paz ao semelhante,
Tem no olhar brilho constante,
Na mente serenidade,
Na face felicidade.
Na hora exata, estende a mão.
Tem como lema o perdão,
Tem pelo próximo amor,
Segue o que manda o Senhor
Que nos vê c

Saiba mais…

Rastro ( Glosa)


                        Mote

'"Deixando meu rastro, esqueci primaveras
Por mar de bonança senti - me abraçada"

                     Rastro

No tempo deixei toda lágrima austera
Ferindo meus pés enfrentei minha sina
Lutando venci, mesmo sendo menina
De

Saiba mais…

Minha estrada. ( Glosa)

Glosa

Mote
" Lembrando o passado revi meus amores
Molhando meus trapos tão cheios de vãos."

Minha Estrada

Na estrada espinhosa deixei minhas dores
Seguindo com calma, chorei de saudade.
Sensata, aceitei do viver, a verdade.
LEMBRANDO O PASSADO REVI MEUS AMOR

Saiba mais…

Pequeninas Lágrimas

E não importa se os olhos estão abertos ou fechados
Não me canso de olhar em sua direção
Mesmo quando não compreendia
Sabia que deveria haver de certo algum tipo de explicação

E a cantiga das estrelas se iniciava
Espalhando-se por cada ponto de meu co

Saiba mais…
Comentários: 4

Gesto de amor

Gesto de amor

Olhando no espelho vi a face cansada
Meus olhos no fundo de tanto chorar
Pensei nos momentos seguidos na estrada
Com pés calejados tentando galgar.

Lembrei das estrelas na noite enluarada
Um rastro deixando com seu cintilar.
Erguendo a ca

Saiba mais…

Vento da noite

Caminhava sozinho por entre as notas
Da baqueta os dedos pareciam cansados
Conformados talvez no acústico escuro
Onde a própria insanidade o havia esquecido

Escolhera a solidão procurava o silêncio
Existem lugares dentro de nós que nunca amanhecem
Mas

Saiba mais…
Comentários: 3
CPP