Posts destacados (3510)

Classificar por

Mas, que pressa é essa?

8581667652?profile=RESIZE_584x

 

Mas, que pressa é essa?




Sim, há um tumultuo batendo as asas

e borbulhando dentro da gente...



No ver, dentro das possibilidades, a ansiedade vem, quer

atravessar o próprio pensamento e mesmo nas dificuldades,

a impaciência puxa a alma para a corri

Saiba mais…
Comentários: 5

Cumplicidade

Cumplicidade

Sou tua cúmplice nos dias vividos;
Nas horas inquietas, nos momentos de amor,
No instante vazio, nos ais oprimidos,
No espaço que ocupas e clamas calor.

És meu respirar ofegante, meu ouvido
Nas noites insones o meu cobertor...
Se

Saiba mais…

PRA VOCÊ ...

 

PRA VOCÊ ...

Pra você, o muito é pouco (querida)
que eu possa ofertar enfim;
visto o quão valor você tem em minha vida;
o quão você é importante pra mim...!

Não direi que hei de dar-lhe ornamentos
de metais trazidos do oceano profundo;
nem hei de comparar

Saiba mais…
Comentários: 7

"ME ESPERE QU'EU VOU JÁ!"


8551293900?profile=RESIZE_400x

"ME ESPERE QU'EU VOU JÁ!"

 

 Sei que o tempo não para,
Nem se demora em ficar.
Mas segure-o pela crina,
Sei que me achas menina,
Mas me'spere qu'eu vou já.
 
Espere-me qu'eu estou indo
Mesmo qu'eu não te alcance
Porque a distância do tempo
Entre nós não vai mu
Saiba mais…
Comentários: 8

CARNAVAL...

CARNAVAL...
Sábado de carnaval... A avenida amanheceu triste
sem o colorido das grandes escolas que no normal
estariam desfilando com colorido e brilho.
Com seus carros alegóricos sua rainha e seus passistas,
o tambor com seu repique e os puxadores do sam
Saiba mais…
Comentários: 8

Inesquecível refrão!

Inesquecível refrão!

Meu amor faz um ano que nos conhecemos
Foi no carnaval, na animada folia
Um beijo trocamos e o corpo aquecemos
Não sai da mente o refrão da melodia.

A noite todinha felizes dançamos.
Esqueci do mundo tristonho vivido,
Das horas inc

Saiba mais…
Gestores

EnConto de Natal in: Jesulindo o Menino

             3773827558?profile=RESIZE_710x

 

 

          EnConto de Natal in: Jesulindo o Menino

1   Ah se eu soubesse contar estórias!

2   Nesta Casa de Poetas, aproveitaria o espaço
3   para vos contar a estória do menino Jesulindo
4   que foi visto no colo da Mariana e s

Saiba mais…
Comentários: 4

31 de Janeiro

Deixa confidencial
essa nossa nova fase.
Novos sorrisos,
novos amores.
Deixa entre você
e eu.

Acho que já experimentamos
como é divulgar
a nossa felicidade.
O mau-olhado se espalha
e ninguém vive a simplicidade.

Ninguém precisa saber,
ninguém precisa conhecer
a n

Saiba mais…
Comentários: 1

O SORRISO

O sorriso é energia,
Poder doce que contagia,
Brisa leve que pressagia,
O verbo solto da alegria.

Leve a vida sempre sorrindo.
A dor amansa na indiferença,
O triste esquece de se fazer
E o Sol enlouquece o entardecer.

Claudio favoretto

Saiba mais…
Comentários: 2

Livre estás...

Livre estás...

Cansada do sofrer, vou - me embora.
Não deixarei saudade, nada de mim...
Levarei a paixão que me devora,
e algumas flores do meu jardim.

A indiferença de teus carinhos,
Pouco a pouco me fez entender
Não sou mais aquela no ninho
Que de êx

Saiba mais…

Pedido

Pedido

Eu quero viver para resto da vida
Ficar a teu lado pra ouvir a canção
Na tarde nublada, a canção preferida
Que alenta e dá força ao meu coração.

Sentir o mormaço, sentindo paixão
Em ser abraçada sem ser atrevida
Eu quero viver para resto da vida
Ficar

Saiba mais…

A POESIA E A FÍSICA

Sou professor de física em escolas públicas,

Formado em física pela Ufscar.

Mas a poesia me persegue

Noite e dia sem parar.

 

Poeta eu não sou.

Disso eu sei e sei bem.

 

Acho que isto quer me mostrar

Que sentimentos são objetos

De estudo da razão.

Que é possíve

Saiba mais…
Comentários: 2

PRA TI

8500985882?profile=RESIZE_710x

PRA TI

Algo misterioso e forte nos guiou
no caminho do encontro.
E por mais que a vida nos separe
há uma voz em meu intimo
que sussurra ao seu:
" Eu voltarei".
Aliás, nunca nos ausentamos
mesmo estando distantes.
Nossas conversas
aparentemente sem sentido
sem

Saiba mais…
Comentários: 4

Te achei...

Te achei...

Com olhos molhados, revi meu passado
As léguas andadas com chuva rolando
Nos pés o calçado, rustido...rasgado
Levando os meus ais no meu peito sangrando.

Nas curvas revi todo pó revirado.
Coberta com manto me vi caminhando
tão jovem, tã

Saiba mais…
CPP