Minhas Atividade

J. A. Medeiros da Luz left a comment for J. A. Medeiros da Luz
"Obrigado pelos votos, cara Margarida.
Com o atual correr dos dias nada calmos, arranjar tempo para cumprimentos por ocasião de natalícios de amigos é um ato de delicadeza.
Abraço;
j. a."
Fev 28
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Cogumelos ao sol
"Cara Edith:
Agradeço-lhe duplamente: pelas palavras elogiosas e pela precisão de anatomista no manejo do bisturi, ao dissecar as entranhas das mensagens que o macrocosmo emite e que o microcosmo (corporificado num escrevinhador) tenta semear por via…"
Fev 23
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Cogumelos ao sol
"Pessoal:
Na verdade, esses minúsculos cogumelos da foto abaixo, nascidos à revelia num vaso de nosso quintal (com sua beleza heterodoxa e evanescente...), deram-me o mote do poema, que há dias venho cogitando, no subconsciente.

É que, também à…"
Fev 16
J. A. Medeiros da Luz posted a blog post
Cogumelos ao sol J. A. Medeiros da Luz Como nos exclama, embora emudecida,A solidão do seixo entre tantos!Seus lombos, úmidos do orvalhoQue se condensou na antemanhã,Chispam reflexos dourados da aurora. E cada dorso (já em pouco, tépido de sol),Com…
Fev 16
J. A. Medeiros da Luz commented on davi simas couto's blog post Amitis
"Bela e pertinente lembrança, caro Davi.
O amor, seja em Babilônia ou em Araguaína, ou em Salt Lake City, sempre inebria os seres humanos, permitindo que os milagres aconteçam, e que — não raro — reflexos de suas ocorrências remanesçam por milênios.…"
Fev 16
J. A. Medeiros da Luz curtiu o post de Tânia M de J B de Melo PRENÚNCIO POÉTICO
Fev 16
J. A. Medeiros da Luz commented on pedro antonio avellar's blog post Erva daninha
"Caro Pedro:
Parabéns pelo belo seu poema. Fiquei sensibilizado, pois nos matos sem "pedigree" é que, por vezes, encontraremos o consolo de um dossel de sombra e um afago cromático às retinas. Obrigado.
Abraço; j. a.   "
Jan 21
J. A. Medeiros da Luz commented on Irá Rodrigues's blog post SONETO DO GRILO
"Cara Irá:
Muitos aplausos a você, pela suave e eloquente composição. Que sempre nos sobrem forças para nos contrapor aos ditames imperativos dos que se julgam donos dos raios de sol.
Abraço;
j. a."
Jan 21
J. A. Medeiros da Luz commented on Marcia A Mancebo's blog post Menina de outrora
"Cara Marcia:
Meus aplausos à sensibilidade de seu poema. Fez-me também navegar no córrego da infância, com suas folhas à deriva, roçadas, por instantes ultrafugazes, pela corrida de lagartixas a atravessar transversalmente a correnteza, dando-nos a…"
Jan 21
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post A sort of reckoning night (lusófono, a despeito do título)
"Cara Edith:
Muito obrigado pela visita ao sotãozinho do J.; e pelo incentivo. Como havia colocado, nas entrelinhas, para nossas queridas Margarida e Marcia, as vivências pessoais são (naturalmente) únicas, mas acabam se mesclando com o substrato…"
Jan 21
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post A sort of reckoning night (lusófono, a despeito do título)
"Cara Margarida:
Agradecido por palavras assim amáveis, que nos fazem a nós perseverar, quando já cuidávamos (felizmente não neste nosso espaço virtual) clamar no deserto ou — equivalentemente — discursar para as vagas do mar, como fazia o velho…"
Jan 16
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post A sort of reckoning night (lusófono, a despeito do título)
"Obrigado, cara Marcia:
Depois de escrevinhá-lo e postá-lo, ao ler este poemeto, pairou a sensação de que possa ter havido inconsciente inspiração de nosso velho M. Bandeira — respeitadas, obviamente, as proporções. Reporto-me a poemas como O Beco e…"
Jan 13
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post A sort of reckoning night (lusófono, a despeito do título)
"O mote explícito deste poemeto seria o contraponto da temática ultrarromântica (espezinhada, ainda que de modo — ao menos para mim  — inconvincente) na primeira estância  com o rude realismo (inequivocamente abrandado pela empatia exsudada) na…"
Jan 12
J. A. Medeiros da Luz posted a blog post
A sort of reckoning night J. A. Medeiros da Luz Par de retinas insones filtra a cena,Na antemanhã da fuliginosa megalópole.Não, Não há o murmurejo hipnotizanteDe fonte límpida, borbulhante,Alumiada pelo palor aveludado da lua,E que por cujo…
Jan 12
J. A. Medeiros da Luz commented on Marcia A Mancebo's blog post Rosa em botão
"Cara Márcia:
Parabéns pelo belo soneto undecassilábico, cantando nossas marchas e contramarchas da magna caminhada.
Abraço;
j. a."
Jan 7
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Aprestos de viagem
"Cara Marcia Mancebo:
Muito agradecido pela visita e incentivo. Que, em 2021, tenhamos muita saúde e energia, para que continuemos essa interação inspiradora, cá em nosso coletivo espaço virtual.
Abraço;
j. a."
Jan 3
Mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

1) Qual o teu nome completo?

José Aurélio Medeiros da Luz


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

28/02/1957


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Ouro Preto, Estado de Minas Gerais, Brasil


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

"Minicurriculum": Cá desta placa tectônica sul-americana onde se incrusta o Brasil, cabloco goiano, filho de catarinenses e residente nas Alterosas; nascido em 1957, formou-se em engenharia de minas, na Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto. Tem publicado artigos técnicos, capítulos de livros técnicos e livros de poesia.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Margarida Maria Madruga


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

sim


10) Fique ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

sim


11) Caso possua, deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou de qualquer outro site onde possamos saber mais de você.

https://belasartesbelas.ning.com/members/JoseAurelioMedeirosdaLuz


12) Publique neste espaço, uma poesia ou texto de sua autoria.

Arribada

J. A. Medeiros da Luz

 

E lá se vai!

A altivolante garça dos desejos

— Aquele tênue traço de pincel

Em alvaiade luminoso sobre

O azul cerúleo da imensidão —

Vai compassadamente estirando

Seu voo para incógnitas lagunas,

Para além do horizonte dos eventos,

Em rumo às neblinosas madrugadas

Onde se perdem, incomensuráveis,

Aquelas de dedinhos cor-de-rosa,

Rosidígitas — dizem — rododáctilas

Auroras, alvoradas coloridas

Daqueles tão longínquos e perdidos

Dias abarrotados de alegria

De nossos quintalejos infantis

Que por vezes se fazem colossais.

Ouro Preto, 2019.


Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 11634
Recebido:
24 de Fev de 2020
CPP