Minhas Atividade

J. A. Medeiros da Luz commented on Marsoalex's blog post LÚDICOS IMPULSOS
"Cara Marsoalex:
Aplausos pela sensibilidade, que se desdobra até a ourela do transe poético, esse fenômeno mágico que nos acelera os batimentos do coração — esse nosso carneiro hidráulico vital.
 
Abraço do j. a."
ontem
J. A. Medeiros da Luz commented on Marcia A Mancebo's blog post Nas asas do pensar
"Parabéns, cara Márcia, pelo poema tão insinuante.
Ah! as asas do pensar! E sempre os limites que nos impõe a realidade, decretada pelos senhores do feudo, a tentar tosar as rêmiges do sonho àqueles que ousam ir além da estreiteza do "main stream". …"
ontem
J. A. Medeiros da Luz commented on antonio domingos ferreira filho's blog post "Preconceito", " Olimpíadas dos Desesperados'
"Caro Antonio Domingos:
Parabéns pelo poema, bem original. Não fora nosso antigo preconceito e haveria muitas odes a esse inseto, campeão olímpico de viver... Perto dele, nossa espécie arrogante é somente um recém-chegado e já "doente dos pulmões".
A…"
Domingo
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Apenas com um tiro de balestra
"Tem plena razão, caro Antonio Domingos: poesia, tendo sentimento, é sempre poesia...Só para citarmos dois exemplos, não há como não nos emocionarmos com um poema de Catulo da Paixão Cearense, com suas raizes no sertão, ou  — noutra extremidade estil…"
Domingo
J. A. Medeiros da Luz commented on Francisco Raposo Ferreira's blog post Idealista no Mundo Real
"Parabéns pelo poema, caro Francis.
Talvez essa seja a sina do poeta: mirar o arco-íris com transporte, gozando o privilégio de se harmonizar com o cromatismo do firmamento, enquanto outros lá correm, esbaforidos — munidos de bússola, GPS, detector d…"
Sexta-feira
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Apenas com um tiro de balestra
"Cara Angélica:
Obrigado pelas palavras carinhosas. 
Pelo trepidar da carroça (com as coisas seguindo como lá vão), não demora e tudo isso termina com injeção ácido lisérgico nas artérias da realidade. Bagre velho que já sou, percebo que a dita corre…"
Sexta-feira
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Apenas com um tiro de balestra
"Obrigado pelas palavras incentivadoras, caro Antonio Domingos:
Na verdade, como já o disse a uma amiga há pouco, este poemeto, sob as condições normais da coletividade, seria reputado como um tanto estranho — até mesmo pelo autor, já de si meio amal…"
Sexta-feira
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Apenas com um tiro de balestra
"Pessoal:
Ao contrário da discrepante convicção de meus ingênuos tempos de juventude, vejo hoje que, muitas vezes, o surrealismo descreve melhor a realidade. Que coisa, não?"
Quarta-feira
J. A. Medeiros da Luz posted a blog post
Apenas com um tiro de balestra  — J. A. Medeiros da Luz Eis que a seta da besta alveja a besta,Após riscar — a 70 metros por segundo —O fino ar montês.E, distando muito,  a ocidente, de Alcácer-Quibir,O agigantado líder, inebriado,Mostrando seus mol…
Quarta-feira
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Um haicai para os tempos que correm
"Cara Marsoalex:
Obrigado pelo seu gentil comentário. Embora eu tenha ultrassimplificado as causas no comentário que apensei ao poemeto — talvez, em novo paralelo com as artes plásticas: usando a técnica do chamado "realismo inglês" de alto contraste…"
Jan 9
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Um haicai para os tempos que correm
"Quando, circa 1490, o bravo L. Da Vinci desenhou (parece-me) em sanguina as proporções ideais do Homo sapiens, preconizadas de Vitrúvio, creio que não lhe passou pela cabeça que a injustiça social do presente século (é, estamos falando do século XXI…"
Jan 8
J. A. Medeiros da Luz posted a blog post
Renascimento à bala O homem vitruvianoLá se insere em círculoDe sangue, no gueto.Ouro Preto, 8 de janeiro de 2020.Do livro: "Folhas ao vento em paisagem sépia (haicais)", a sair pela Jornada Lúcida, em 2020. 
Jan 8
J. A. Medeiros da Luz e Nieves Merino Guerra agora são amigos
12 de Dez de 2019
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Trova insólita
"Obrigado, cara Marcia, pela motivação. Pensando um tanto, nos parece que o surrealismo da arte, na verdade, fica aquém do "realismo" da vida, não?"
9 de Dez de 2019
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post A título do dia de Francisco e dos animais
"Cara Marsoalex:
O tema — nosso caro fratello Francesco — ajuda um bocado o êxito do poema...
Abração;
j. a.
 "
14 de Nov de 2019
J. A. Medeiros da Luz e João Carreira agora são amigos
9 de Nov de 2019
Mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

1) Qual o teu nome completo?

José Aurélio Medeiros da Luz


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

28/02/1957


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Ouro Preto, Estado de Minas Gerais, Brasil


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

"Minicurriculum": Cá desta placa tectônica sul-americana onde se incrusta o Brasil, cabloco goiano, filho de catarinenses e residente nas Alterosas; nascido em 1957, formou-se em engenharia de minas, na Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto. Tem publicado artigos técnicos, capítulos de livros técnicos e livros de poesia.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Margarida Maria Madruga


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

sim


10) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

sim


11) Caso possua, deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://https://belasartesbelas.ning.com/members/JoseAurelioMedeirosdaLuz


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

Arribada

J. A. Medeiros da Luz

 

E lá se vai!

A altivolante garça dos desejos

— Aquele tênue traço de pincel

Em alvaiade luminoso sobre

O azul cerúleo da imensidão —

Vai compassadamente estirando

Seu voo para incógnitas lagunas,

Para além do horizonte dos eventos,

Em rumo às neblinosas madrugadas

Onde se perdem, incomensuráveis,

Aquelas de dedinhos cor-de-rosa,

Rosidígitas — dizem — rododáctilas

Auroras, alvoradas coloridas

Daqueles tão longínquos e perdidos

Dias abarrotados de alegria

De nossos quintalejos infantis

Que por vezes se fazem colossais.

Ouro Preto, 2019.


CPP