Minhas Atividade

J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Pertinácia
"Cara Edith,
Lastimavelmente, mesmo após 3 h de procura em meu PC, de mais de mil imagens pessoais que tenho (autoria própria, para evitar contendas sobre direitos autorais), não encontrei nenhuma que coadunasse completamente com o tema. Duas delas…"
Quarta-feira
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Pertinácia
"Cara Márcia: será um prazer enviá-lo, assim que sair do prelo. Veja instruções em meu comentário à nossa cara Edith.
Abraço."
Set 20
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Pertinácia
"Edith Lobado:Tem razão, cara amiga, no dizer que perseveração e fé são as brisas que nos mantêm pandas as velas, impelindo-as em direção ao almejado porto. E tendo o timoneiro, ou timoneira, já palmilhado muitas cartas náuticas, e arrostado…"
Set 20
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Pertinácia
"Cara amiga Márcia: Obrigado pela congratulação e — com não menos motivos — pela visita. Aquela serenidade que você esbanja em seus versos delicados, uma das conquistas (por vezes laboriosas) da maturidade, é, no fundo, importante desiderato para…"
Set 20
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Pertinácia
"Muito agradecido pela visita e pela apreciação sua, cara Angélica. O fascinante de nossa jornada (enquanto seja) é a resiliência que brota de nós outros, ínfimas formiguinhas bípedes, mas airosas como, lá na chegada ao lugarejo sulino, um certo…"
Set 19
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Pertinácia
"Pessoal:
Aquelas grandes perguntas que nos fazemos, como cristalização de nosso finalismo subjacente — inerente que é ao Homo sapiens —, não raro se insinuam como mote para a inspiração com ares beletristas…
Quem fomos e quem seremos? É a retomada…"
Set 18
J. A. Medeiros da Luz posted a blog post
Pertinácia J. A. Medeiros da Luz Quão enlevado moço existiaNos fotogramas embaçados do passado!Que dádivas do altíssimo almejava,Em meio à peregrinação a iniciar;Novo Aasverus, errante — por destino,Não por irrisão ao Nazareno? Se inda nesses dias…
Set 18
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Planeamento
"Agradecido pela visita e pela generosidade do comentário, cara a Lilian. O fenômeno da empatia, no mundo dos humanos e naqueles de outros poucos animais gregários e inteligentes, é poderosíssima ferramenta para nos compreendermos mutuamente. E, no…"
Set 18
J. A. Medeiros da Luz commented on Marcia A Mancebo's blog post Tarde chuvosa
"Cara Márcia:
Pena que os romanos — de quem herdamos, naturalmente, a palavra — arranjaram um nome estrambótico, para aquele inspirador barulhinho continuado da chuva despencando-se da aba do telhado: "estilicídio". Até evoca ao pensamento alguma…"
Set 16
J. A. Medeiros da Luz commented on Lilian Ferraz's blog post Caracóis, flores e afins
"Parabéns! Seus poemas, delicados como poemas clássicos chineses, são um galanteio à natureza. Abraço do j. a."
Set 16
J. A. Medeiros da Luz commented on Luly Diniz's blog post TRISTEZA INTENSA
"Tem razão, cara Luly. Bom fim de tarde (agora, aqui em Ouro Preto, neste fim de inverno, já se vai fazendo noite)."
Ago 30
J. A. Medeiros da Luz commented on Maria José Chantal F. Carvalho D's blog post TEIA
"Cara Chantal:
Parabéns pelos versos, concentrados e maturados como licor caseiro, transmitindo com precisão as manobras do velho ofício. Aliás, tais versos evocam-me — eu cá desta placa continental —  cenas perdidas em passado século, em cidadezinha…"
Ago 28
J. A. Medeiros da Luz commented on Luly Diniz's blog post TRISTEZA INTENSA
"Cara Luly:
Parabéns pelo seu intenso poema, que nos faz cismarentos, a pensar no claro-escuro do mundo. Podemos aventar a hipótese de que o que nos faz seguir na caminhada é que, por vezes — passado o meio-dia — a obliquidade da luz põe em relevo…"
Ago 28
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Planeamento
"Obrigado, cara Marcia, pela leitura e apoio. 
Algum secreto refluir de sangue em zonas (por mim desconhecidas) do encéfalo toma as rédeas da autoria, quando surge o fenômeno que se quer poético. O autor se transmuda em medium (seja-me permitido o…"
Ago 26
J. A. Medeiros da Luz commented on J. A. Medeiros da Luz's blog post Planeamento
"Pessoal: 
Eis, a despeito de meu autoproclamado (vá lá…) pragmatismo, um poemeto bucolicamente salpicado de borrifos de romantismo, suscitado talvez — e de modo não premeditado — como peça de contraventamento das paredes de nossas moradas…"
Ago 25
J. A. Medeiros da Luz posted a blog post
Planeamento J. A. Medeiros da Luz  Inda Vésper tremula na borda do horizonte. Por seu turno, também, em retardo, Nem se dissiparam por completo, A espiralar de modo errante, vaporoso, Assenhorando-se de todos os percursos, Os inebriantes perfumes…
Ago 25
Mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

1) Qual o teu nome completo?

José Aurélio Medeiros da Luz


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

28/02/1957


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Ouro Preto, Estado de Minas Gerais, Brasil


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

"Minicurriculum": Cá desta placa tectônica sul-americana onde se incrusta o Brasil, cabloco goiano, filho de catarinenses e residente nas Alterosas; nascido em 1957, formou-se em engenharia de minas, na Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto. Tem publicado artigos técnicos, capítulos de livros técnicos e livros de poesia.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Margarida Maria Madruga


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

sim


10) Fique ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

sim


11) Caso possua, deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou de qualquer outro site onde possamos saber mais de você.

https://belasartesbelas.ning.com/members/JoseAurelioMedeirosdaLuz


12) Publique neste espaço, uma poesia ou texto de sua autoria.

Arribada

J. A. Medeiros da Luz

 

E lá se vai!

A altivolante garça dos desejos

— Aquele tênue traço de pincel

Em alvaiade luminoso sobre

O azul cerúleo da imensidão —

Vai compassadamente estirando

Seu voo para incógnitas lagunas,

Para além do horizonte dos eventos,

Em rumo às neblinosas madrugadas

Onde se perdem, incomensuráveis,

Aquelas de dedinhos cor-de-rosa,

Rosidígitas — dizem — rododáctilas

Auroras, alvoradas coloridas

Daqueles tão longínquos e perdidos

Dias abarrotados de alegria

De nossos quintalejos infantis

Que por vezes se fazem colossais.

Ouro Preto, 2019.


Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 15844
Recebido:
24 de Fev de 2020
CPP