Minhas Atividades

MARGARIDA MARIA MADRUGA commented on Alexandre Montalvan's blog post Flores da Neve
"Belo poema.Parabéns, Alexandre."
Jun 25
MARGARIDA MARIA MADRUGA commented on Alexandre Montalvan's blog post Viver com o Inimigo
"Adorável poema. Sua voz é muito gostosa de ouvir. DESTACO o trabalho como um todo."
Jun 25
pedro antonio avellar commented on Alexandre Montalvan's blog post Poeminha Melado
"Que poema bonito, meu caro. Muito bom. Meus aplausos!"
Jun 24
Eudalia Alves Martins commented on Alexandre Montalvan's blog post Poeminha Melado
"Alexandre que lindo
adorei ler parabéns..."
Jun 24
Márcia Aparecida Mancebo commented on Alexandre Montalvan's blog post Poeminha Melado
"Gostei.... Muito lindo!!!
Parabéns, Alexandre."
Jun 24
JULIO CESAR BRIDON DOS SANTOS commented on Alexandre Montalvan's blog post Poeminha Melado
"Olá:
Viajamos por longas vidas que nos ensinam como e onde "ser eu mesmo".
Teu poema é muito…"
Jun 24
Angélica commented on Alexandre Montalvan's blog post Poeminha Melado
"Muito interessante! Parabéns Alexandre!"
Jun 24
Editt Schimanoski de Jesus commented on Alexandre Montalvan's blog post Poeminha Melado
"Adorei! É mais que melado! Doce muito doce....Adorei! Aplausos!"
Jun 24
MARGARIDA MARIA MADRUGA commented on Alexandre Montalvan's blog post Amor Imperfeito - Soneto
"Belíssimo, Alexandre."
Jun 24
Alexandre Montalvan posted a blog post
Dizem que o sol curva um terreno planoQue o amor é só um desenganoQue a própria terra esta sobre um…
Jun 24
MARGARIDA MARIA MADRUGA commented on Alexandre Montalvan's blog post Morrer com você
"Maravilhoso poema."
Jun 23
MARGARIDA MARIA MADRUGA commented on Alexandre Montalvan's blog post Talvez um dia
"Bonito poema. Parabéns, Alexandre."
Jun 23
Angélica commented on Alexandre Montalvan's blog post Dispersividade
"Parabéns Alexandre por teus versos!"
Jun 22
Alexandre Montalvan posted a blog post
Há poemas que são o caos da menteFeitos para destruir falsas verdadesQue nos trazem todas as…
Jun 21
Márcia Aparecida Mancebo commented on Alexandre Montalvan's blog post Flores da Neve
"Adorei!!!!
Muito lindo. Parabéns, Alexandre.
Um abraço"
Jun 14
Alexandre Montalvan posted a blog post
Não há raiz fincada na terraNem a tenra menos ainda a robustaA cada passo some no ar e se…
Jun 14
Mais…

Flores da Neve


Não há raiz fincada na terra
Nem a tenra menos ainda a robusta
A cada passo some no ar e se encerra
Uma nova vida continua em seu lugar

Tudo é efêmero até mesmo o amor
Não possui a existência de uma vida…

Saiba mais…

Geradores do Caos


A morte ronda os portões da cidade
E não há um ser vivo que a oprima
Por isto escrevo sem nenhuma rima
Que ninguém sabe da verdade a metade

Todos se escondem atrás de divindades
Nos becos a narrativa é só…

Saiba mais…

O Tempo


O Tempo

Em um eterno retorno
Vive na alma humana
Com efeito sonoro
Um Tic e TAC...Tic e TAC

Pingos em uma poça de água
Passos em uma calçada
Tiros de uma automática

A morte

A estática
A…

Saiba mais…

Entre Cores


Entre o céu e o inferno
Onde se encontra a noite mais fria?
No clarear do dia é o sol enfim!

Enquanto brilha porque não te amar
No azul de tantos fonemas
No espanto da emoção extrema
Nas cores das flores do…

Saiba mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Os comentários estão fechados.

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Fevereiro 3


1) Qual o teu nome completo?

Alexandre Montalvan


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

03.02.1956


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

são paulo - sp


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Comecei a escrever a aproximadamente uns 5 anos, como uma forma de terapia e não consegui mais parar. Eu posto meus poemas no Peapaz, Recanto das Letras, Luso poemas, aprendi também a criar vídeos com meus poemas e tenho uma pagina com aproximadamente 90 vídeos no you tube.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?

Ninguem me indicou


8) Está ciente que poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Com certeza


9) Concorda em participar e interagir conforme puder, com outros membros nas atividades da Casa?

claro que sim


12) Caso possua, deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou de outro site onde possamos saber mais de você.

https://www.facebook.com/alexandre.montalvan2


13) Publique neste espaço, uma poesia ou texto de sua autoria (que não seja muito extensa).

Folhas Mortas Tudo o que existe no mundo tem o gosto da angústia do enorme vazio da solidão folha seca a boiar no mar em suaves vens e vão. Um disforme desespero sem sentido transparece em minhas tremulas mãos eu não sei onde foi que se perdeu o meu triste e corroído coração. Tantas são nuvens de rumo incerto que fazem o vento urrar como leão a alma secar no sol em um deserto e morrer de tristeza e desilusão Em tudo são apenas folhas mortas no vento em redemoinho de aflição e rodopiam silenciosas e não importa a dor que há em meu pobre coração. Alexandre Nas Sombras do Teu Olhar Escuros e profundos abismos eram os teus olhos, tão negros misteriosos na noite, anseios delicados sussurros roubados mas embriagantes e brilhantes preciosos perenes pecados. As cascatas de estrelas no céu eram cor de fogo em teus cabelos e esvoaçavam ao vento feito véu e flutuavam em meus pensamentos Em teu ar floresceram enigmas no teu céu pétalas de rosas em teus mares negros estigmas fruto de sonhos, dores pavorosas. Inatingível era o teu coração granito triste na terra suada alcova mágica sonhos e paixão e no olhar apenas uma sombra velada. Montalvan


Conquistas


Pontos ganhos: 7149
Recebido:
9 de Fev de 2020
Recebido:
7 de Abr de 2022
Recebido:
7 de Abr de 2022

Grupos que participo

CPP