Poesias

Meu anjo, melhor amigo!

 

Meu anjo, melhor amigo!

  

Meu anjo, melhor amigo!

Persegue-me dia e noite sem cessar

Doa-me toda sua resistência e paciência

Alimenta meu dia a dia em existência

==============================

Às vezes fico arredia e cansada

Ele puxa-me sem se intimidar

Sopra aos meus ouvidos com força.

E abraça-me sem esbravejar

===============================

Obrigado anjo das minhas fortalezas

Só existo porque você me livra do perigo

Quando triste , você me dá abrigo...

Sem atropelar, ou perder os sentidos.

=============================

Anjo da minha vida,deita-me todos os dias.

Abraça meu coração sem questionar qualquer reivindicação


Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Adm

    Terna poesia, Selda. Parabéns pela linda inspiração.

  • Congratulo-o por seus escritos, sempre de muita profundidade. Estimada poetisa Selda mikasa também é sukasa!

  • Simplesmente angelical, sublime, parabéns, Selda Kalil! Rui Paiva

This reply was deleted.
CPP