Poesias

SEM SABER AMAR!

Sem Saber amar

Em minhas veias correm ansiedades que

serpenteiam em meu corpo frágil,

e todas as minhas fantasias te desejam

ferozmente nesta alma tão volátil.

O que dizer desta insanidade,

se para amar eu sou completamente inábil?

DESOUZA SANTOS

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP