Sofrer porque, ah! É tão doce amar você

Este seu inebriante cheiro, olor

Que me seduz domina e me fascina

Contra sua atração não tem vacina

Rendo-me por inteiro a seu calor.

É incomensurável seu valor

É minha poção, minha salicina

Pois, do Salgueiro fiz minha oficina

E tornei meu viver mais indolor.

Este amor salutar me tranquiliza

Sofrer por que, ah! É doce amar você

Sem ti a saudade vil me tantaliza.

Quero ficar a seu dispor, mercê

Esta façanha o amor viabiliza

Pertencer totalmente a vosmecê.

ILARIO MOREIRA

07/07/2017

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

As repostas estão encerradas para esta discussão.

Respostas

  • Adm

    Leve e amoroso teu soneto.

    Parabéns, Ilario.

    • Obrigado, poetisa amiga, grato pela visita e comentário, sou seu fã. Abraços, paz e Luz!!!

  • Lindo poema Ilário Moreira.

    Cheio de romantismo e carinho, como deve ser o amor.

    Parabéns pela inspiração.

    Abçs poéticos

    • Obrigado, poetisa amiga, grato pela visita e comentário gentil, fico muito grato. Abraços, paz e Luz!!!

    • Obrigado, poetisa amiga, grato pela visita, comentário e destaque, sou seu fã. Abraços, paz e Luz!!!

This reply was deleted.
CPP