Inspirações

Empty Man...

Empty Man ( O Homem Vazio )
*** * ***
Numa fria Sala, diante de uma janela,
sobre a sombra de si mesmo u'a figura
despojado da matéria que o envolvia
deixa escapar nos ares seus lamentos
que a Brisa prontamente torna em Poesia
.
A janela por onde entra uma tênue luz
seus lamentos pelos espaços logo conduz
e a negritude que os envolve até se cala
traduzindo todos os versos que se volatizam
e o Homem inaparente segue em muda fala
.
A cadeira que o sustenta sem nenhum apoio
como quem está a separar o trigo do joio
igualmente ao corpo do homem só material
se funde ao mesmo como se u'a alma gêmea
esperando de algum lugar por algum sinal
.
De repente as palavras qual o corpo somem
feito ua rima que completa o vazio do homem
E os Espíritos que vagantes pela Solidão
aos poucos vão se aproximando lado a lado
e em quanticas energias lhe oferecem a mão!
.
Conseguirá o Homem Vazio se auto completar?
A Matéria se integrará na Dimensão do amar?
???????
*** * ***
gaDs
*** *** *** ***

Z

K

Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Que o Novo Tempo que se inicia seja um RECOMEÇO para as Nossas Vidas!!!

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Um silêncio que se veste dos segredos onde envolvem as sombras, belo poema

  • Maravilhosooooooooooo!!

    Aplaudo de pé texto,imagem e som!

    Bjsssssssssss

  • Inpsiradíssima e reflexiva poesia.Parabéns, Zeca.

  • Nossas vidas são eternos recomeços!!! Que sejam bem vindos!!!

This reply was deleted.
CPP