Inspirações

Sinto...

Eu sinto na respiração 
em cada ato… vivo, sonho o amor
este sentimento que escrevo
o qual traduzo com emoção
Amo amar-te na real, nos versos
nas rimas e poesias
as quais escrevo com o coração
Meu mundo funde-se ao teu
elevo-te a mansidão
Desejos plenos, paz e sublimação
(DiCello, 28/11/2017)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Amor fecundo e cheios de desejos. Poesia magistral. Abraços Poeta DiCello. 

  • Um apaixonante poema, onde os sentidos do amor balançam e paixão

This reply was deleted.
CPP