Inspirações

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Bela construção poética.

    Um abraço. Adriano

  • Bommm diaaa Ilariooooo!!!!!
    Belíssimo soneto meu amigo!
    É mesmo um aprendizado olhar e enxergar a morte com tanta serenidade!
    Show!
    : )

  • Lindo Soneto Ilário...

    O Ser humano sempre nessa disputa com o tempo

    Implacável...

    Leva-nos a refletir....

    Não o vemos passar, só sentimos  quando olhamos no espelho e não nos vemos mais.

    " Quedo observo o nirvana, a placitude//minha morada próxima a deidade."

    É isso....

    Parabéns, bela inspiração caro poeta.

    Abraços de

    Veraiz Souza

  • Belos versos, Ilario! meus parabens!

    • Obrigado, poetisa amiga, pela visita e gentil comentário.

      Seus comentários são muito importantes para mim...

      Sou seu fã.

      Abraços, paz e Luz!!!

  • O ser humano carrega o medo da morte sendo que ela é uma realidade sempre presente na sua existência. Não somos eternos no Jardim das delícias terrenas, assim como tivemos a hora da chegada, teremos a hora da partida! Ilario nota Mil!

    • Obrigado, poeta amigo, pela visita prazerosa e pelo carinhoso comentário.

      Neste mundo de expiação e provação, muitas são as delícias que nos afastam da evolução espiritual, somos fracos, imperfeitos e não raro cedemos aos desejos da carne e, valorizamos futilidades, frivolidades...

      O caminho é árduo e longo, mas a chegada é certa, demore muito ou demore pouco, chegaremos ao luzir...

      Sou seu fã.

      Abraços, paz e Luz!!!

This reply was deleted.
CPP