Lágrimas de Desejo

Lágrimas de Desejo
 
Tenho andado com a libido à flor da pele
Desejando-te a todo instante
E em alguns com tamanha intensidade
Te enxergando pelo olho da saudade
Saudade que maltrata demais
Saudade que forma esse caminho longo
Separando a minha da sua cidade
Ah, desejo, não me maltrata!
Recolha-te e vá embora
Não tenho como te satisfazer
O amor que preciso para te realizar
Longe está e não pode essas lágrimas
Provocadas por tanto desejo e saudade
Neste momento satisfazer
E assim as enxugar...
Giselda Camilo
20/01/2017
(Aroma de Verso)
(Imagem da Web)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Giselda Camilo

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    3653943?profile=original

    • Obrigada, querida Edith! Virtudes Poéticas com Aroma de Verso (meu livro com Virgolino) tem me tomado todo me tempo livre, por isso a demora em responder. Bjos

  • Simplesmente prodigioso. Obra está muito bem estruturada. Tudo de muito bom gosto. 

    • Obrigada, amigo SAM! Virtudes Poéticas com Aroma de Verso (meu livro com Virgolino) tem me tomado todo me tempo livre, por isso a demora em responder). Abraços poéticos!

    • Obrigada, SAM! Abraços poéticos.

  • Belo poema, poetisa, cheio de desejo e saudade... Abraços, paz e Luz!!!

    • Obrigada, amigo! Abraços poéticos.

  • This reply was deleted.
This reply was deleted.
CPP