Gestores Adm

Oficina de Plêiade com a inicial C

Oficina de Plêiade com a inicial

Regras

1. Todos podem participar

2. O participante deve compor com a palavra deixa em tela, que será o título do Plêiade e, deve deixar outra palavra para o próximo partiicpante.

3. Os plêiade devem ser postados, sem formatação, dentro da caixa de comentários abaixo.

4. Permite-se comentários pelos participantes ou membros da Casa.

5. O título do plêiade será, sempre, a palavra deixada em tela.

Seja Bem vindo! Boas composições!

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  •  

    Próxima palavra:

    Confesso

     

    Cada um, querendo ou não,

    Carrega nos ombros seus

    Cruz de dores, de aflição...

    Cabe fé a Deus pedir

    Como curar tuas mazelas.

    Conserve a receita divina

    Com carinho e gratidão 

     

    Eri Paiva  - 02. 12. 2019

  • Gestores

    Próxima palavra:

    Cura

  • Gestores

    Carisma

    Cada toque me revela o teu ser

    Cada beijo me enleva aos céus

    Carinhos suavizados pelas mãos macias

    Carisma que envolve e inebria

    Causando um frenesi de prazer

    Curando as feridas abertas pelo tempo

    Cicatrizando um coração perdido em solidão.

  • Gestores

    Carisma

    Coração se tu bates assim descompassado
    Com o mais profundo bombear de emoção
    Cuidado, com esse bater acelerado!
    Controla toda essa pulsação
    Complicas a minha vida desse jeito!
    Criando um redemoinho no meu peito,
    Ceifa a tua vida, que é a minha vida, coração!

     Marsoalex - 14/11/2019

     

     

     

  • Gestores

    Carisma

    Caminhando sozinho pelo mundo
    Calos nos pés, pernas já cansadas
    Coração parando, moribundo,
    Crispado pelas dores continuadas.
    Com os olhos opacos, indiferentes,
    Coalhados de lágrimas empedradas
    Cumprindo o destino, sigo em frente.

    Marsoalex  14/11/2019

  • Gestores

    Carisma

    Com um soluço preso na garganta
    Contabilizando minhas perdas e meu danos
    Contando às amarguras que são tantas
    Caminho pelas mãos dos desenganos
    Coração triste, só, espedaçado
    Confinado ao próprio sofrimento
    Clamando a pedir do amor o unguento..

    Marsoalex - 24/11/2019

This reply was deleted.
CPP