A SAUDADE E A DOR DA SOLIDÃO

A saudade e a dor da solidão

 

Falar de saudade, da comoção

Quando um amor é distante

Bate a solidão neste instante

Chora triste amor do coração

Pois vivendo em triste solidão

Saudade nas noites, madrugadas

A mão não alcança a chegada

O peito vive toda a infelicidade

Para um encontro, a ansiedade

 

Um amor tão bonito, separado

Pela distância atual, tão maldita

Sonhos, feitos sem a despedida

Corações sofrem tão torturados

Virtualmente vivem desesperados

Nunca imaginado de se apaixonar

Poder fazer carinho, amar, abraçar

Ter uma vida feliz, mais presente

Fazer amor, ficar mais contente

Ter o amor, sabor vidas amparadas

 

Mais uma bela história de amor

Que a vida então vai tecendo

Em meio a distância e a dor

Virtualmente amantes vivendo

Do outro lado do mundo então

Sonhos, almas estão acalentando

Para ter o amor alcance da mão

E então acabar com essa dor.

(Norma Ap Silveira de Moraes) 

14/02/2020

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP