Meu Blog

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Julho 3


1) Qual o teu nome completo?

Sandra Leone


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

03. 07. 1960


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Rio de Janeiro/RJ/Brasil


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Gosto muito de escrever poesias, embora eu me ache eclética na escrita, prefiro escrever poesias de amor. Sou muito apegada a família. Sou escritora amadora. Tenho uma Comunidade de poesia no facebook e posto também no Recanto das Letras.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Por um acaso vendo páginas de escritores poestas no facebook, vi esse site lá e decidi me inscrever.


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

Sim


10) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

Sim


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://www.Facebook.com/sandramsleone


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

MARCAS Escondida por trás de cada cicatriz Existente em meu corpo Há uma história Que nas entrelinhas tento escrever Há também uma bagagem Que carrego E que não me deixa esquecer Com segredos guardados Que jamais revela rei E numa tentativa vã Querem invadir Onde existem coisas e sentimentos Que no íntimo, só eu posso sentir Sandra Leone In Poesia COMO UM ANJO Estou distante da minha estrada Mas continuo a minha caminhada Sem destino nessa jornada Na distância o horizonte No ar livre sem ponte Me encontro em frente ao mar Observando o vai e vem das ondas Que parecem querer me levar O meu corpo nu em frente a Praia Deitado na areia molhada Reflito sobre a vida Ela é apenas um sopro Que se for, não voltará jamais Largada na areia Me sinto como se fosse um anjo Com a alma leve Como antes nunca me senti Me entrego ao vazio, solitária Mas no interior, uma leveza Traduzida em paz. Sandra Leone In Poesia


Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 30

Grupos que participo

Minhas Discussões

ESTAR GRÁVIDA

    ESTAR GRÁVIDA   É ficar lendo diversas vezes O resultado "positivo" É sentir acelerar o coração E ficar a flor da pele Sensível, chorando de emoção É saber que há um ser Crescendo e se mexendo,  Dentro de você Sentindo desenvolver os…

Saiba mais…

MEU CORPO CÁLICE, RECEBE TEU VINHO

MEU CORPO CÁLICE, RECEBE TEU VINHO Uma noite chuvosa e de muito frio É para mim uma penosa sentença Na escuridão o silêncio é sombrioEspero ansiosa por tua presença. Observo as luzes no espelho vitral Meu corpo trêmulo quer te sentir Dia após dia,…

Saiba mais…

E NO FIM, RESTA..."

E NO FIM, RESTA..." E quando o amor chega de repente Nos toca e invade, sem dia ou horaSe apossa e se instala tão somenteSe tranca, sem vontade de ir embora Em nós se entrelaça e nos faz sentir É curto o espaço para aproximaçãoSem os dois lados, não…

Saiba mais…

MASCARASTE UM AMOR QUE NÃO SENTIAS

MASCARASTE UM AMOR QUE NÃO SENTIAS Amei mais do que pude amar Me dei além do que podiaChorei dias e dias por imaginarUm amor que em ti, inexistia Tentei disfarçar a minha dor Tantas vezes falei : eu te amo!Tu parecias sincero com este amorMe…

Saiba mais…

DESFIZ OS NÓS DA MINHA SOLIDÃO

DESFIZ OS NÓS DA MINHA SOLIDÃO Absorta em mim mesma Numa tristeza sem fimTrancada no interior da minha almaMinha cerca, não era o jardim Estava acuada feito uma fera Queria os meus instintos soltosPresa em meu castelo, que nem cinderelaSentia-me em…

Saiba mais…

ESCUTA, VEM NASCENDO A POESIA

ESCUTA, VEM NASCENDO A POESIA. Geralmente a poesia nasce De uma louca paixão Do amor ou desamor Do companheirismo ou da solidão Não há estudo para o poetar Mas sua leitura deve ser concreta É algo que não se consegue explicar Porque ninguém…

Saiba mais…

FUI EMBORA COM VONTADE DE VOLTAR

FUI EMBORA COM VONTADE DE VOLTAR Lhe amei como ninguém Me entreguei de corpo e almaPorém, meu bemSendo eu resiliente, me fez perder a calma E quando chegou a hora Fez-se noite em meu viverArrumei as malas, para ir emboraMesmo amando,…

Saiba mais…

SÓ EM VOCÊ...

SÓ EM VOCÊ Só em vocêPosso me encontrarSó você sabe me tocarFaz parte do meu viverDo anoitecer ao amanhecerMe fascino com o seu jeito de serE de como fala comigoMexendo com os meus sentidosQuando chega a noiteCom ela vem o silêncioDo meu quartoOlho…

Saiba mais…

Autor em tela

CPP