Trovador

Sob o céu de estrelas ,
Confidenciava a lua em seu asilo,
Galanteando a noite,
Remissão do afável desejo,
Venerável luz de intenso amor,
A beijar o infinito.
Enamorava o frescor da madrugada,
Devotada dama em adorável perfume,
Sussurrando ao vento tanto afeto,
Que minhas lágrimas sorriam,
Acariciando minha face apaixonada,
E meu coração entregou-se  a felicidade,
Seduzido de encantos.
A luz se fez poesia,
Iluminou meus versos,
Bucólico sonho benfazejo,
Onde as nuvens meu íntimo leito,
Eternizou tamanho apreço,
Inflamado de confidências,
Ao me declarar em desvario,
Aquela que tanto amava.

                     Sirlânio Jorge Dias Gomes

Minhas Atividade

Sirlanio jorge Dias gomes commented on Edvaldo Rofatto's blog post BENTA
"Fonte da vida em suas manobras de existência.Até quando?Parabéns!"
Sábado
Sirlanio jorge Dias gomes commented on Marsoalex's blog post TAREFA VÃ
"Se algum sonho não se realizou é porque este sonho não lhe pertencia.O tempo não erra,mas dá o tom a nossa percepção.O universo com suas energias se encarrega de moldar a nossa exata vontade.
É como iniciar uma viagem e desistir no meio do caminho.N…"
Sábado
Sirlanio jorge Dias gomes commented on Alcebíades Júnior's blog post Onde Se Perdeu?
"A racionalidade das coisas estão sendo invertidas.As pessoas quase não tem tempo de pensar,e quando pensam,acontece de forma corrida ouvindo uma voz estranha.Eis mundo com suas modernidades,vaidades e contra valores.Texto muito reflexivo e apropriad…"
Sábado
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
Sim, existo! Meu coração sente o teu calor, Percebendo-te além, Nesta calmaria dos desejos, Suave tentação aprazível abrigo, Grata feminilidade selvagem, Reservada ao íntimo confidente, Laços surreais da afinidade. Tua onipresença beija minha vontad…
Sábado
Sirlanio jorge Dias gomes commented on Sirlanio jorge Dias gomes's blog post CONSUBSTANCIAÇÃO
"muito obrigado pela gentileza."
Jan 17
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
Um poema tem muitas faces, Espelho de muitos olhos, Quem sabe um olhar surdo, Ou talvez um ouvido mudo, Amigo da boca pensante, Neste embaralhado tempo, Onde a liberdade as vezes corrida, Esquece de ser livre e acenar, Mesmo sabendo que estão ali. U…
Jan 17
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
O manto de areia meu último retiro, Causticante estio mira meu destino, Este purgatório onde meus olhos sangram, Expiação do meu espírito maculado, Abraçado ao chão vertiginoso refúgio, Vultuoso caos de altivez entorpecida. Meus sonhos se foram no m…
Jan 16
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
O dia desliza por entre as nuvens, O sol vai cortejando a lua, Beijo diáfano de lábios reluzentes, Declamando estrelas invisíveis, Interlúdio perene dos astros, Memorável poesia celeste. Regressa a noite confidente, Desabrochando os sonhos, Bailando…
Jan 12
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
Cessei de viver uma vida postiça, Fadada a tanta melancolia, Revirando os escombros da alma, A caminhar perdido na ilusão, Enlaçado taciturnamente ao caos, Banhado de lágrimas copiosas. Não desejo mais tantos eus, Clones mórbidos promíscuos, Flertan…
Jan 11
Sirlanio jorge Dias gomes posted blog posts
Jan 6
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
O meu olhar no seu olhar, Proba invenção do desejo, Reinventando mundos afeitos, Ócios da noite entre abraços, No doce regaço da paixão, Deslizando o amor afogueado. O teu colo agasalho da minha sede, Adora Afrodite em seus lábios, Adornada em suas…
Jan 3
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
Porfia em meu peito certo alento, Tão grandioso quanto as estrelas, Amando a vida em suas trovas, Fantasiando o coração n'alma, Sentindo de perto a paz das cotovias, Nas montanhas inertes, Dos meus sonhos além da morte. Sigo a imortalidade por meus…
Jan 2
Sirlanio jorge Dias gomes posted blog posts
20 de Dez de 2018
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
Ame o que deseja amar, Apenas ame, Não busque explicações, Amar requer somente amar, Amar simplesmente, Dê o nome que quiser, Amor,paixão,tesão ou loucura, O que importa a forma? Ou se é ou não amor, O que o seu coração interpreta? Razão ou desrazão…
11 de Dez de 2018
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
 Amor fora do tempo não é amor,É um desamor a si aviltado,Na solidão doída infame rascunho,Meneio do livre arbítrio oprimido,Chorando desejos angustiantes,Ferido pela razão enlouquecida.Amor verdadeiro sem sentido,Além das explicações,Implicação do…
25 de Nov de 2018
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
Sigo arfante por esta estrada,Levando na algibeira o pão da alma,Feito com minhas mãos calejadas,Com o trigo plantado na seca estação,Sob o suor do meu rosto castigado,E meus pés cansados de tanta lida.Olho para o céu timidamente,Pela aba do meu cha…
23 de Nov de 2018

Meu Blog

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Abril 14


1) Qual o teu nome completo?

Sirlânio Jorge Dias Gomes


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

14/04/1972


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

São José


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Ex aluno do caraça,amante da literatura.Mineiro de joão Monlevade-MgCasado,pai de uma filha.Admirador de Dante Alighieri,Cruz e Souza,Augusto dos Anjos,Cora Coralina,Machado de Assis,Castro Alves e Pablo Neruda. https://www.escritas.org/pt/n/l/sirlanio-jorgediasgomes2017 http://www.sirlaniolanes.prosaeverso.net/ Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebe.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Recebi um convite via email de Edith Lobato


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

Sim


10) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

Sim


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://www.sirlaniolanes.prosaeverso.net


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

ADEUS Arbítrio refúgio em alva noite, Minh'alma a deriva neste penoso mar, Porto suplício da minha jornada, Jugo vicioso dos meus desejos, Inerte nas sombras longe do cais. Venere a luz o meu último riso, Cousa dúbia neste peito de açoites, Em seus delírios ósculos da morte, Penumbra em vendavais ao réprobo, Fulgaz loucura em flores mórbidas. Aos ventos meu último discurso, Meu beijo,meu olhar e esta dor, Fragmentada em rimas tristes, Prefácio da minha despedida. Refuta herança meu ser declina, Neste chão frio eterno leito, Borrões vívidos displicentes, Ária mortis do servo desmedido. Sirlânio Jorge Dias Gomes TENACIDADE Este resoluto porvir em máscaras, Juras consentidas em meu destino, Invulgar mesura aluada, Doravante me perdi em teu amor esta noite, Prostada aos pés do fingimento. A incerteza estampa meu revés, Diabrura dos teus encantos, Lástima enfermiça desfigurada, Do amante que um dia amou, E agora ermo em seus espinhos, Condena-se ao bárato investido. A lua rasgou-se ao meio, Na ilusão do meu pesadelo, Cruel desventura que me oprime, Abafando a luz dos meus castiçais, Plena oblação do meu zelo. Sirlânio Jorge Dias Gomes


Profile Style - Long Answer - Codigos Ning - Não Responda esta Questão -

88106-638


Minhas fotos

Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 2244

Grupos que participo

Minhas Discussões

Zelo

Teu beijo meus lábios corteja, Neste olhar que me ama, Este pulsar que me alcança, Ao te ofertar estar flor tão bela, Colhida na primavera do teu desejo. Aqui neste singular paraíso, Te dou meu coração cortês, Reverência a tua fidelidade, Nobre amor…

Saiba mais…

Trovador

Etérea lua que me encanta, Me leve em teu ósculo, E me envolva  em seus braços, Outra coisa não faço, A não ser te amar. Te amando me desperto, Tresloucado sentido que me envaidece, Augusto amor,solene pranto; Sublime luz do amor que canto. Meu…

Saiba mais…

Autor em tela

CPP