Trovador

Sob o céu de estrelas ,
Confidenciava a lua em seu asilo,
Galanteando a noite,
Remissão do afável desejo,
Venerável luz de intenso amor,
A beijar o infinito.
Enamorava o frescor da madrugada,
Devotada dama em adorável perfume,
Sussurrando ao vento tanto afeto,
Que minhas lágrimas sorriam,
Acariciando minha face apaixonada,
E meu coração entregou-se  a felicidade,
Seduzido de encantos.
A luz se fez poesia,
Iluminou meus versos,
Bucólico sonho benfazejo,
Onde as nuvens meu íntimo leito,
Eternizou tamanho apreço,
Inflamado de confidências,
Ao me declarar em desvario,
Aquela que tanto amava.

                     Sirlânio Jorge Dias Gomes

Minhas Atividade

Sirlanio jorge Dias gomes commented on Sirlanio jorge Dias gomes's blog post Aparência
"Um beijo poético para você!"
Out 31
Sirlanio jorge Dias gomes commented on Sirlanio jorge Dias gomes's blog post Aparência
"Obrigado!"
Out 31
Sirlanio jorge Dias gomes commented on Sirlanio jorge Dias gomes's blog post Aparência
"Feliz com sua apreciação!"
Out 31
Sirlanio jorge Dias gomes commented on Sirlanio jorge Dias gomes's blog post Aparência
"Grato por vossa apreciação!"
Out 31
Sirlanio jorge Dias gomes commented on Sirlanio jorge Dias gomes's blog post Aparência
"Sou um aprendiz diante de todos,mas obrigado!"
Out 30
Sirlanio jorge Dias gomes commented on antonio domingos ferreira filho's blog post Charneca em Flor ( Florbela Espanca)
"Que beleza amigo!Tenho uma amiga que é fã de Flor bela Espanca.Parabéns!"
Out 30
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
Quanta escravidão em nós!Já nascemos escravos,Escravos de um sistema inevitável,Que nos aprisiona até a morte,Escravidão de faces silenciosas,Acorrentando nossos sonhos,Poder irônico sobre nossa falsa liberdade,Opressão sob a égide de um bem coletiv…
Out 30
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
Há um outro tempo dentro do nosso tempo, Irônico poder que nos envaidece, Seguindo com a faca entre os dentes, Envenenando-se a cada discurso de ódio, Vertendo silenciosamente entre os lábios, A penosa morte que nos desorienta, Quando abraçamos a im…
Out 29
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
Acordei bem cedo,Na boca um gosto amargo,Muitos pensamentos rondando,Nesta vida cheia de adjetivos,Bordões da alma em farrapos,Delirando-se na comédia da existência,A rodopiar, assoviando para a morte.Sirlânio Jorge Dias Gomes
Out 28
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
O que somos?Olhamos no espelho,O que amanhã será apenas passado,Reflexos transitórios de humanidade,Eus perdidos no subconsciente,Seguindo a razão em seus surtos,Tentando a todo custo,Contrabalançar a vida contingente.Quem seremos daqui há pouco,Seg…
Out 13
Sirlanio jorge Dias gomes commented on Sirlanio jorge Dias gomes's blog post Concepção
"humildemente agradecido por tua interação!Idem!"
Out 7
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
O que parecia simples,Tornou-se absoluto aos meus olhos,O teu sorriso despertou minha'alma,Fez florescer meu desejo emudecido,Guardado sob a terra estranha do meu medo,Receio do quebrantado amor,Há muito desolado pelo engano.Se existe asas no infini…
Out 7
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
O mundo está gritando aqui dentro,O silêncio é estridente,Mas ninguém me ouve,Tudo aqui é dor que me sufoca,Lágrimas que transbordam,Inundando meu ser de tristeza,Enquanto caminham apressados.A diversão acontece lá fora,Enquanto me torno cada vez ma…
Set 28
Sirlanio jorge Dias gomes posted a blog post
Sobre mim desliza o tempo,Minh'alma são pergaminhos,Espalhados pelo caminho ao longo da vida,Impressões de efêmeras emoções,Sob olhares viscosos,Conjecturando suas existências belicosas,Na ociosidade de idéias abstratas.Sirlânio Jorge Dias Gomes
Set 26
Sirlanio jorge Dias gomes commented on Ahelhylina de Souza Alencar's blog post Ventura de amar
"Que alegria saber que temos de volta ao mundo poético a grande poetisa Ahelhylina.Lindo demais.Parabéns!"
Set 26
Sirlanio jorge Dias gomes commented on Meire's blog post Congelou
"Ha coisas que saem da nossa vida porque não nos pertence na exata parcela do tempo.Parabens!"
Set 23
Mais…

Meu Blog

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Abril 14


1) Qual o teu nome completo?

Sirlânio Jorge Dias Gomes


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

14/04/1972


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

São José


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Ex aluno do caraça,amante da literatura.Mineiro de joão Monlevade-MgCasado,pai de uma filha.Admirador de Dante Alighieri,Cruz e Souza,Augusto dos Anjos,Cora Coralina,Machado de Assis,Castro Alves e Pablo Neruda. https://www.escritas.org/pt/n/l/sirlanio-jorgediasgomes2017 http://www.sirlaniolanes.prosaeverso.net/ Abre a mente ao que eu te revelo e retém bem o que eu te digo, pois não é ciência ouvir sem reter o que se escuta.(Dante Alighieri) Um homem apaixonado por poesia. Tento traduzir os pensamentos na fidelidade que estes me concebe.Não tenho a pretensão de ser poeta,e se por acaso as palavras me metamorfosear em algo parecido,não me culpe;apenas me perdoe.(Sirlânio Jorge Dias Gomes)


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Recebi um convite via email de Edith Lobato


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

Sim


10) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

Sim


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://www.sirlaniolanes.prosaeverso.net


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

ADEUS Arbítrio refúgio em alva noite, Minh'alma a deriva neste penoso mar, Porto suplício da minha jornada, Jugo vicioso dos meus desejos, Inerte nas sombras longe do cais. Venere a luz o meu último riso, Cousa dúbia neste peito de açoites, Em seus delírios ósculos da morte, Penumbra em vendavais ao réprobo, Fulgaz loucura em flores mórbidas. Aos ventos meu último discurso, Meu beijo,meu olhar e esta dor, Fragmentada em rimas tristes, Prefácio da minha despedida. Refuta herança meu ser declina, Neste chão frio eterno leito, Borrões vívidos displicentes, Ária mortis do servo desmedido. Sirlânio Jorge Dias Gomes TENACIDADE Este resoluto porvir em máscaras, Juras consentidas em meu destino, Invulgar mesura aluada, Doravante me perdi em teu amor esta noite, Prostada aos pés do fingimento. A incerteza estampa meu revés, Diabrura dos teus encantos, Lástima enfermiça desfigurada, Do amante que um dia amou, E agora ermo em seus espinhos, Condena-se ao bárato investido. A lua rasgou-se ao meio, Na ilusão do meu pesadelo, Cruel desventura que me oprime, Abafando a luz dos meus castiçais, Plena oblação do meu zelo. Sirlânio Jorge Dias Gomes


Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 23685

Grupos que participo

Minhas Discussões

Astuto Menestrel

Meus versos são vozes de um farsante,Leal inconfidente artífice de ilusões,Aleivoso trovador cantando alegorias,Apanhando pelo caminho de aventuras,Os inúmeros eus caídos da existência,Trovejando emoções no céu ansioso,Atmosfera onírica…

Saiba mais…

Ceticismo

Aos tais ócios eis a dúvida,  Aos ossos quebradiços,  Visceral pesadelo infundo,  Dos espíritos imundos a perturbar,  O pobre ser aviltado em suas dores,  Sobrecarregado de si em outrem,  Nas interrogações interrogadas.  Lá se vão aqueles…

Saiba mais…

Existir além da vida

 Moro onde habita minh'alma,Floresço no espaço-tempo,Subindo os degraus da vida,Oscilações da minha humanidade,Beijando a imperfeição que me seduz,Entre lágrimas e sorrisos,Coragem e desconfiança,Cansaço e fortaleza,Tristeza e coragem.Vou aonde meus…

Saiba mais…

Zelo

Teu beijo meus lábios corteja,Neste olhar que me ama,Este pulsar que me alcança,Ao te ofertar estar flor tão bela,Colhida na primavera do teu desejo.Aqui neste singular paraíso,Te dou meu coração cortês,Reverência a tua fidelidade,Nobre amor que me…

Saiba mais…

Trovador

Etérea lua que me encanta,Me leve em teu ósculo,E me envolva  em seus braços,Outra coisa não faço,A não ser te amar.Te amando me desperto,Tresloucado sentido que me envaidece,Augusto amor,solene pranto;Sublime luz do amor que canto.Meu coração ao…

Saiba mais…

Autor em tela

CPP