Astuto Menestrel

Resultado de imagem para menestrel

Meus versos são vozes de um farsante,
Leal inconfidente artífice de ilusões,
Aleivoso trovador cantando alegorias,
Apanhando pelo caminho de aventuras,
Os inúmeros eus caídos da existência,
Trovejando emoções no céu ansioso,
Atmosfera onírica preexistente.

Dialético jogo o meu ser agrega,
Lançando ao vento falas convergidas,
Postiço sentimento ao espelho,
Abstraído nas causas obscuras,
Imitando a estranha camuflagem,
Imagem das massas ruminantes,
Aduzindo cúmplices de um pensamento.

Delibera o espirituoso zombeteiro,
Palavras em outras palavras mórficas,
Paradigmático enredo entre labirintos,
Sofrendo sem sofrer a dor sentida,
Amando o amor que não se almeja,
Enigmático paralelo de afeições,
Condicionando congêneres disparidades.

Sirlânio Jorge Dias Gomes

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –
CPP