Existir além da vida

 Moro onde habita minh'alma,

Floresço no espaço-tempo,

Subindo os degraus da vida,

Oscilações da minha humanidade,

Beijando a imperfeição que me seduz,

Entre lágrimas e sorrisos,

Coragem e desconfiança,

Cansaço e fortaleza,

Tristeza e coragem.

Vou aonde meus pés me levam,

Na lucidez de minha loucura,

Ou na insensatez da minha razão encolhida,

Buscando alcançar a felicidade,

Estas rotas surreais fantásticas,

A dissimular a exausta realidade.

 

 Sirlânio Jorge Dias Gomes

 

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gestores Adm

    Oi Sirlânio, este teu poema foi feito sobre o tema: Vivo a cada dia a esperança do recomeço, ou foi feito sobre uma imagem que tem uma escada? Preciso saber com urgência, por favor.

    Aplausos pela bela composição.

    • Bom dia,desculpe a demora.Mas foi feito sobre o tema:Vivo a cada dia a esperança do recomeço.Se não me engano fui o primeiro a postar sobre o tema,logo que foi proposto.Um beijo enorme no seu coração.

  • Gestores

    Como sempre, Sirlânio, um magnífico poema!

  • Gestores

    Sirlânio Jorge... Prezado Poeta...

    Que maravilha de inspiração, em tão curto espaço de tempo, nos brindastes! Ressaltando qual Poeta que és, as eternas Dualidades que enquanto humanos vivenciamos - nem sempre qual fizestes - tornando-as Poesias!! NOSSOS CALOROSOS APLAUSOS!!

    (...)

    Na lucidez de minha loucura,

    Ou na insensatez da minha razão encolhida, (...)

    1005370972?profile=RESIZE_710x

This reply was deleted.
CPP