Agora Já Sabes!

                   Agora Já Sabes!

        *

      Agora sabes que meu corpo

      Treme e geme em tuas mãos;

      Agora sabes que meu corpo

      Sente 'evapora

      Hálitos em combustão,

      Liquidamente espumantes,       

   ––Do teu falo.

     *

      Só agora pude sentir:

      Teu cheiro, tua pele, tua entrega,

       Ao penetrares em mim.

    *

      E, neste instantezito...

      De puro êxtase e frenesi

      Inebriante ––compreendi:

      Sou mulher e fêmea,

      Pronta e casta –––

A ti servir!

   Elzana Mattos

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP