Ondas Perfumadas de Amor


Deitar-me-ei, ó mar,

sobre suas águas

azuis perfumadas,

esperando o fim de tarde

e o meu amor...

Quando o sol, enfim, pousar 

sobre o seu manto,

bordará estilhaços  de ouro

em suas ondas encantadas...

Trazei-me, ó mar,

o meu amado

nesse lindo ocaso

dourado.

Eneida Cristinna

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

This reply was deleted.
CPP