SEDE DE POESIA

 

GLOSA

SEDE DE POESIA

 

TANTA AMBIÇÃO DESMEDIDA

TANTO SONHO FEITO PÓ...

 

DAI QUE ANDASSE DOENTE

DE GRAVE DOENÇA POÉTICA

E EM ESTADO PERMANENTE

DE ANSIEDADE ALFABÉTICA...

(Manoel António Pina)

 

TANTA AMBIÇÃO DESMEDIDA

A gente luta para coisas conseguir

Tanta garra nesta vida

Onde anda o tempo para sorrir

 

Passamos a vida só correndo

TANTO SONHO FEITO PÓ

Mas a poesia vem derretendo

Sonhos abraçam-se como cipós

 

A poesia mexe com a gente

Em sua grande transformação

DAI QUE ANDASSE DOENTE

Trazendo nas letras a inspiração

 

A gente não consegue se desviar

Muitas vezes a ideia é patética

Mas as letras querem se acomodar

DE GRAVE DOENÇA POÉTICA

 

É UM ESTADO PERMANENTE

O que acontece com a poesia

Mexendo com emoção da gente

Ficamos em estado de melancolia

 

 Assim me vem em cada sentimento

DE ANSIEDADE ALFABÉTICA

Voa tão longe meus pensamentos

Buscando uma frase poética

 

Norma Aparecida Silveira de Moraes

CPP-02/04/21

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Lindo poema, Norma, com mensagem que fala a quem escreve versos! 

    E mais lindo fica ao atentarmos para o trabalho cuidadoso com os versos e citações!

  • Gestores

    Sensacional! Parabéns Norma!!

  • Maravilhosa glosa, Norma!

    Parabéns.

    Bjs 😘

  • Tentei entrar no pensamento do autor...

    • Muito lindo!

      Poema de GLOSA... gostei tanto do que li!

      Parabéns amiga!

      Só hoje me dei conta ao ler meu e-mail.

      Tenho estado ausente de tudo...

      beijinhos linda

    • obrigada querida

This reply was deleted.
CPP