ALEGRIA, ALEGRIA

4183851423?profile=RESIZE_710x

ALEGRIA, ALEGRIA

Acordou dançando
pelos bares e becos,
tocando tambor.
Chamando o povo,
para ver o novo
ritmo do samba;
atraindo pandeiros,
pedreiros, cuícas,
mulheres sem lar;
pulando, cantando,
sem se importar
se era sexta ou tarde,
fazendo alarde,
repicando o surdo,
o sol encantando,
chegando meninos,
num compasso frenético,
de alegria e amor,
espalhando felicidade,
mexendo com a cidade,
dançando, seguindo
batendo o tambor.

[gustavo drummond]

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Que lindo...! Amei...! Meus parabéns. 

  • Gestores

    3741477614?profile=RESIZE_710x

    • Gracias

      Uma noite  agradável.

       

  • Adorei seu Poema.  Muita inspiração e criatividade como sempre

    Parabéns caro Gustavo

    abraços

    • Obrigado amigo. Uma noite  tranquila.

       

This reply was deleted.
CPP