AMA

Ama!

 7899441689?profile=RESIZE_710x

 Ama!

Traz ao momento teus sonhos de criança!

Canta!

 Solta da garganta o grito de fogo!

Ama!

Canta! Sem medo...

Ama!

Vem aos nossos loucos desejos!

Traz na tua música harmonia

em acordes dissonantes!

Ama!

És o castelo! És a ameia

onde repousa meu coração!

Ama! Toca! Toca minh'alma

Com teu olhar de amêndoa

Com teu sorriso travesso

Deixa teu negro cabelo,

escorrido e perfumado,

nublar meus temores dum abandono teu!

Ama! Canta! Toca!

A minha ânsia de ti deixa-me louco!

Escravo de teu amor

Assim me tens a teus pés...

 

Chantal Fournet

 

30 Abril 2019!

 

 

Votos 0
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Acho tão dificil fazer poesia de amor com versos soltos, singelos e condizentes com o enredo, e vc fez muitissimo bem. Parab[ens

    • Querida Poetisa Lilian Ferraz fiquei honrada com sua passagem nos meus versos! Grata por ter apreciado!

      beijos de poesiaaaaaa

      Chantal Fournet

       

      7938476478?profile=RESIZE_400x

  • Uma súplica. Um modo de declaração de Amor. Amor pelo Amor é confuso. Mas Ama do verbo amar é sublime. Parabéns amiga Chantal por tão linda Poesia. 

    Parabéns por este canto quem ama.

    Antonio Domingos

    • Obrigada pelas tuas palavras estimado poeta SEMPRE presente em minhas humildes letras!!

      Deixas-me encantada de teres apreciado este poema...!

      Foi escrito para um dos meus filhos que se encontrava em penas de amores kkkkk e eu não concordava com aquela "escravidão" amorosa que lhe roubava o discernimento!!! kkkkkk Felizmente curou-se!!! yyyyeeaaaaahhh!!! Hoje ama toca e é Feliz com alguem de quem não é "escravo"

      beijos de poesiaaaaaaaaa

      Chantal Fournet

      7905797862?profile=RESIZE_400x

       

This reply was deleted.
CPP