AMOR

Amor,

Nada mais que um sentimento

Tão divino que nasceu

Aos poucos dentro de cada

Coração e vai brotando

Como a rosa faz quando

Esta desabrochando,

Fazendo palpitar dentro

Deste nosso peito

Chegando a cegar e

A perder cada razão

De nossa vida.

 

Amor,

Tão somente um sentimento

Sublime, recheado de doce,

Muito saboroso sem nenhuma cor,

E quando nos invade

Faz com que sintamos

Que algo novo esta

Apoderando de nosso corpo

Fazendo com que nossa

Alma apenas resplandeça

Com muito amor e carinho.

 

Amor,

É tão somente paz,

Nada de guerra,

Chega cheio de sorriso,

Regado de choro,

Com muito sofrimento

E diversas paixões,

É tão somente o bem,

Que sempre vence o mal,

Com uma certeza cheia

De esperança que traz

Tão somente este amor

Que é a nossa razão de

Um viver cheio de amor.

 

Marcus Rios

Poeta Iunense - Acadêmico -

Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)

Membro Efetivo da Academia Marataizenses de Letras

Membro Efetivo e Imortal da Academia Iunense de Letras (AIL)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP