CARTA AO PASSADO SEM REMETENTE

8081117084?profile=RESIZE_584x

Os tempos se passaram e muita coisa mudou,
Como manda os ciclos temporais da vida de cada ser vivente
E em termos consisos,
Digo que o tempo em si foi um período conturbado para mim.

Já que obtive conquistas que foram poucas
Mesmo assim, as considero louváveis.
E derrotas que não pude obter a menção de ver quantas perdi
Mas enfim,
Faz parte do processo da insistência contínua em vida.

Lembro-me tempos atrás do dia que obtive o meu primeiro amor,
E de forma amarga,
A atribuição sentida de nunca ter o beijo daquela que eu amava.
Também recordo-me dos tempos das recaídas depressivas
Destruindo o meu emocional em diversos pedaços
Ao qual estou tentando reconstruir até hoje esses retalhos
Sem ter um sucesso expressivo.
E relembro do mesmo modo,
Das brigas constantes entre família,
No qual sempre eu era considerado o erro daquela relação familiar.

Em suma, vários aspectos aconteceram durante esse tempo de vivência
Ocorrendo acontecimentos significativos
E daqui observo,
Que terei uma vida "longa" pela frente.

Podendo ter amarguras ou satisfações,
A cada passo dado nesse caminho atemporal
Porém, a minha fé tornou-se conivente ao ceticismo
E não tenho mais esperanças do que o futuro pode me oferecer.

Essa correspondência num tom poético não será entregue a ninguém
Nem ao menos a mim mesmo,
Ou seja, apenas servirá como uma epístola servil e sem codinomes.
Apenas restando para ela o mofo e as manchas da antiguidade
A cada badalada do relógio
Que soa, toda vez que o tempo concreto é marcado.

Serei esquecido pelo vento e atraído pelos períodos temporais,
E cada temporada vivida,
Poderá ser uma experiência fragmentada.
Vivendo só por viver,
Sem uma intensidade correlacionada a um aspecto personal
Tornando-me somente um ser comum, normal
Faltante de incrementos e igual a multidão.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Escrito por M.Dantas

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Cada qual tem sua história escrita, mas também tem no hoje, oportunidade de aproveitar o assimilado, vivido, aprendido, somado ou subtraído, para discorrer, elaborar, acrescentar, melhorar o viver, ao construir as novas páginas da vida... Bem reflexivo seu escrito poeta Matheus, meus parabéns! Lhe desejo uma ótima semana, paz e luz!

     

    • Palavras inefáveis Glaucia! E é desta maneira mesmo, todos nós temos histórias que estão sendo escritas ou reeditadas a cada instante para fazer com que o destino se torne um caminho relevante e tocante para nós. Agradeço pela leitura e apreciação.

  • MUITO BELA E MAGISTRAL POESIA. 

    • Muito obrigado pela leitura e apreciaçao Norma!

  • Matheus

    todos nós temos momentos marcantes em nossas vidas, nem sempre ganhamos e nem sempre somos heróis,mas poede ter certeza que o futuro, que un segundo ja é futuro não depende de nosso conhecimento ou sofrimento, ou escolha ou rejeição, mas creio que todos nós temos algumas chances de só não vencer e sim ser mais feliz. o inesperado nos pega para derrubarmos, mas o inesperado tambem nos pega para darmos volta por cima e vencer.

    que essa carta ao passado sem remetente, possa retornar pelo coração do poeta com as respostas para modificar o momento presente e alicerçar um futuro seguro

    um abraço

    Atenciosamente

    Davi/Guardião do amor

    • As suas palavras são muito tocantes meu caro! De fato esta epístola poética reflete os novos desafios que irão ocorrer frente as mudanças que já estão surgindo. Desde já, agradeço imensamente pela sua leitura e apreciação.

This reply was deleted.
CPP