Inspirações

COTIDIANO

COTIDIANO

Não! Não os quero no meu caminho hoje , não quero senti-los
Nem tampouco saber que existem,
Minha missão hoje é ser melhor do que fui ontem,
E os maus sentimentos que teimam em querer me dominar
Não vão conseguir,
Pois eu quero estar bem,
Quero estar atenta aos mais belos raios solares,
Quero estar de olhos bem abertos
Quando a nova flor desabrochar,
De ouvidos a espreita ao som dos pássaros,
Sentir o cheiro das brisas das manhãs sem orvalho,
Ouvir os ruídos matinais,
O som da cachoeira que não existe,
O frescor da manhã que não choveu,
Escrever a poesia da inspiração que ainda não tive,
E em preces pedir
Que este seja meu eterno cotidiano,
Um estado de espera que renova,
Que faz crescer;
Viver além do viver,
Amar além da medida,
Fazer de cada novo dia realmente um novo dia,
Ainda que os maus sentimentos teimem em dominar-me,
Ainda que tudo seja contra,
E que nada seja igual....
Mas hoje quero estar assim:
Aberta ao meu cotidiano....

Virgínia Santana

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Virgínia Santana

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Adm

    Muitas vezes prcisamos impor a razão sobre a emoção.

    Nunca é fácil manter o equilíbrio.

    Parabéns e meus aplausos.

  • Virgínia um encanto de poema.

    Parabéns!

    Bjs

This reply was deleted.
CPP