Dor

Dor

Dor

 

Minha dor não é tua dor

Nem tua dor é minha.

Não sinto tua dor, nem tu sentes à minha.

 

Posso ser cúmplice de tua dor, se queres ser cúmplice da minha, aceito.

A intensidade da dor não é uma medida.

A dor de ninguém é maior ou menor que a do outro.

 

A dor é distinta e egoísta.

 

A dor reflete em si mesma.

A dor de cada um, a dor.

Sem dor, a dor de cada um.

 

Dó de quem não tem dor.

Dor de quem protege a própria dor

A dor é de quem o raciocínio é sorte

Pode ser vida que transforma

 

Sem dor, vida exaurida.

Com dor;

Vida sofrida, Razão, Chão, Viver, Amor, Paixão.

 

fim

Antonio Domingos

5/06/2019

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • prezado

    poeta antonio

    a dor é primitiva,nossa mãe sentiu dor de parto

    nosso coração sentiu a dor de um adeus

    bela colocação sobre a dor

    gostei

    Atenciosamente

    Davi/Guardião do amor

     

    • Seus comentários me deixaram feliz. Foi um ensinamento para mim

      Que bom que você gostou e bem compreendeu a mensagem. 

      Grato Davi

  • Gestores

    Parabéns Antônio por teus versos!! 

This reply was deleted.
CPP