NÓS DOIS

Duas sombras vão seguindo
sob as ramas desfolhadas.
Vão juntas, quase sumindo,
no silêncio das calçadas...

Duas sombras reflorindo,
parecem, quando abraçadas,
as horas  tremeluzindo
como asas prateadas...

Duas sombras amorosas...
Vagamente coroadas
entre pétalas de rosas,

caminhando, enamoradas...
Sublimes... Silenciosas...
Somos nós dois de mãos dadas.

(Paulo Mauricio G. Silva)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP