SINTO-ME SÓ

  “SINTO-ME SÓ!”

 

Sinto-me só!

Estou cada vez

mais enclausurado

dentro do meu próprio ser.

 

Sou somente uma alma

que suplica o reencontro

do caminho

que tornará tudo mais belo.

 

Por isso, sinto-me só,

Sem ao menos ter o direito

de possuir

um só corpo para mim.

 

 

JC BRIDON

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

JC BRIDON

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Um poema triste mas belo.

    Abraço

  • A solidão mata o amor e todo querer, é vital buscar algo que dê prazer. Satisfação em ler teu escrito. Abraços

  • Bela Poesia amigo Bridon.

    Um chamamento ao fim da solitude.

    Abraços de Antonio Domingos 

This reply was deleted.
CPP