Somente quero...

Somente quero...

Da janela da minha casa vejo o Sol
se por, manso com raios avermelhados.
A cena que eu via dias atrás no arrebol
era diferente desse entardecer fechado.

O ar está parado, muito triste, sem vento.
A saudade me abraça e uma lágrima rola
Não sei se é agonia que traz esse sentimento
Ou, é a natureza que no momento se cala.

A inspiração se esconde na noite fria.
Nesse instante não quero carinho.
Um beijo não dá fim a melancolia.
Somente quero no meu canto
desabafar, chorar baixinho.

Márcia A. Mancebo
16/04/2020

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Grande poetisa, prazer em relê-la, parabéns!

    • Oi, Rui.

      O prazer é meu.

      Vc saiu do WhatsApp.  Volta lá.

      Obrigada pela visita

      Abraço

  • Gestores

    4425784328?profile=RESIZE_584x

    • Obrigada.

      Bjs

       

       

       

       

       

This reply was deleted.
CPP