Tempo

Tempo

 

Só se aprende com o tempo quando dá tempo

O tempo não espera seus acertos com a vida.

Não te espera assentar e tentar se ajustar

Ele é de fato atroz e não nos amenizam.

 ==================================

Quando chega a longevidade só nos resta o consolo

Deste tempo cruel onde os corpos se dispersam.

Agilizam num piscar de olhos; sem argumentos.

Sem nos dar tempo de vencer estes acalentos.

 =================================

Tentar acertar é um dever dos sábios

Que correm atentamente contra este lobo

Que te devoras sem deixar tempo para recompor-se.

 ===================================

Na ancianidade, o tempo não nos dá mais chances a erros.

Quando a cabeça não pensa o corpo padece

A mente esmorece e o leito agradece.

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Linda poesia Selda. Sempre meus cumprimentos.

  • Música e poesia fantástica. Meus aplausos Poetisa Selda Kalil. Um abraço.

  • Muitos cumprimentos. Está espetacular o poema que descreveu! Quero te dizer que meu end na casa é mesmo caríssima poetisa Selda.

  • Gestores Adm

    Na verdade o tempo permanece, o ser humano é que passa, envelhece.

    Parabéns!

  • O tempo cura tudo...temos muitas vezes

    de saber esperar que o tempo a seu tempo tudo acerte

    Lindo...meus aplausos

    FC

  • Tempo que nos faz nos elevar nossos momentos proporcionando aquele belos sentidos da vida

This reply was deleted.
CPP