Fórum

Adm

                  Tendo em vista o aniversário da CPP - Casa dos Poetas e da Poesia dia 03/09/2017, estamos abrindo o segundo Sarau Poético de Aniversário, com vistas à edição de uma antologia poética, através de editora com serviço gratuito, como a Agbook ou o Clube de Autores, em comemoração ao 2º ano de existência da Casa.

Tema:

No laço da amizade

Período de vigência

Até 30/09/17

Regras

Até 3 poemas por autor

Máximo de 25 versos

Mínimo de 10 versos

1.Os poemas  devem fazer referência ao tema proposto.

2. Os poemas de humor feitos para a comemoração nas cirandas, no grupo de aniversário, não cabem aqui, ficarão para um ebook.

3. Os outros poemas, da festa no grupo de aniversário, com divisão de estrofes, podem ser postados no sarau, atentando para o número de participação por autor.

4.Os poemas devem ser postados sem formação, os designes farão as artes e postarão na resposta, abaixo da postagem.

5. Todos os poetas podem participar.

Participação Gratuita

Basta simplesmente Postar seu(s) poema(s) no Quadro em Branco logo abaixo

e Clicar em "Resposta".

Boas inspirações!

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Laços.

    Eu saí jogando laços pelo mundo
    Tecendo uma rede de amigos
    Estes laços se teceram tão profundo
    Que em muitos corações eu encontrei abrigo.

    Talvez, porque eu não seja exigente
    E não cobrei dos meus amigos, perfeição.
    Eles podem ser eles, simplesmente,
    Pra aceitá-los, eu não imponho condição.

    Loucos ou santos não faz diferença
    Desde que preencham o quesito: amizade
    Não importa a cor, o status a crença
    Não importa nem o grau de lealdade.

    Meus amigos não são selecionados
    Não me distancia a dessemelhança
    Amizade não tem hora nem lugar marcado
    Pra ela basta à porção constituinte
    Desta mágica substância humana
    Que fortifica laços sem querer saber
    Das diferenças impostas ou supostas
    Daqueles que a alma faz parentes
    E são pessoas indispensáveis em meu viver.

    Marsoalex – 24/09/2017

  • Amigos...

    Amigos são como flores,
    Que perfumam a nossa vida.
    Estão presentes nas dores,
    Com palavras e afagos
    Cauterizando as feridas,
    Amenizando os estragos.

    Amigos são gestos, são atos
    Fraternidade, carinho,
    Suas palavras são fatos
    Comprovados no caminho...
    Quem tem amigo, de fato,
    Nunca caminha sozinho.

    Amigos são anjos visíveis
    De osso e corpo presente
    Que fazem as coisas impossíveis
    Ser possíveis, de repente.
    Com seus laços irreversíveis
    Nos enlaçam fortemente
    São cópias dos anjos invisíveis
    Que amam e cuidam da gente.

    Marsoalex- 24/09/2017

  • Amigo

    Ser amigo é ser como você
    Sincero
    Humilde
    Transparente.
    Ser amigo é ser como você
    Que vive a amizade
    Simplesmente.

    Ser amigo é ser como você
    Tradução da palavra
    Lealdade
    Ser amigo é ser como você
    Que faz a confiança
    Ser verdade.

    Obrigado, amigo!
    Por ser meu amigo
    Daqueles que a alma
    Faz parente
    Um dia, o destino certo
    Num caminho incerto
    Trouxe você, para mim,
    Como um presente
    E esse laço se tornou tão forte
    Que nos teceu na amizade eternamente.

    Marsoalex - 24/09/2017

     

  • Minha poesia

     

    Nessa trajetória do viver labutante

    Encontro forças para seguir avante

    Graças a uma infinita irmandade

    Existente num laço de amizade.

     

    Laço que amo e traz-me satisfação

    Nele há luz e engrandece-me de emoção

    Induz-me relatar o que sonho

    Transcrevendo gratidão nos versos que componho.

     

    Á cada estrofe procuro extravasar

    O quanto aprendi os amigos amar

    De cada um levarei terna saudade

    Amigos, sois um bem em imensidade!

     

    Alivio meus ais com vossos acalentos

    Libero o que preso está no pensamento

    Embriago-me em grande alegria

    E suavemente finalizo minha poesia!...

    Márcia A Mancebo-18/09/2017

  • Eternizada

     

    Palavras singelas chegam ao pensamento

    Nas horas que a dor dilacera em mim

    E quando sinto o mundo turbulento

    Recordo mãos amigas oferecendo-me rosas e jasmins.

     

    Gestos afáveis para sempre irei lembrar

    O aroma dessas flores são tal carinho

    E com o brilhar do sol e a lua a cintilar

    São corações a direcionar meu caminho.

     

    Levarei sempre guardada na memória

    E, a cada curva da minha vasta estrada

    Há quem um dia contei minha história

    Existiu alguém a incentivar-me na caminhada.

     

    O tempo passará, mas não irá fenecer

    O que colorida hoje, um dia, desbotada

    Mas, cada afago não deixarei corroer

    Pois, há laço de amizade ali eternizada...

     

    Márcia A Mancebo-18/09/2017

This reply was deleted.
CPP