Minhas Atividade

Edvaldo Rofatto commented on Edvaldo Rofatto's blog post NÁCAR
"Grato, Edith! Leio seu comentário e encontro a palavra-chave do texto: "superação".
Bem como você disse, é preciso evoluir, provocar mudanças, realizar as podas que fazem surgir a força, a luz, a novidade.
Similar ao prazer de escrever é meu prazer…"
ontem
Edvaldo Rofatto commented on Edvaldo Rofatto's blog post Aniversário
"Grato, Jennifer! Um abraço!"
ontem
Edvaldo Rofatto commented on Edvaldo Rofatto's blog post Aniversário
"Grato, Angélica! Fico feliz por mim e pelo Zeka!"
ontem
Edvaldo Rofatto commented on Edvaldo Rofatto's blog post Aniversário
"Grato, Margarida!"
ontem
Edvaldo Rofatto commented on Edvaldo Rofatto's blog post Aniversário
"Grato, Luíza!"
ontem
Edvaldo Rofatto commented on Edvaldo Rofatto's blog post Aniversário
"Rsrsrs Sou eu quem deve lhe agradecer. |sempre!"
ontem
Edvaldo Rofatto commented on Edvaldo Rofatto's blog post Aniversário
"Grato, Zeka!"
ontem
Edvaldo Rofatto commented on Edvaldo Rofatto's blog post Aniversário
"Grato, Sam!"
ontem
Edvaldo Rofatto commented on Casada Poesi's blog post Poetas da CPP in: Os 300 Poetas
"Zeka, sua alma é mais que uma casa.
É uma cidade, uma país, um mundo!
A mim mesmo, o que melhor posso professar,
É que você é meu melhor Professor.
Sua generosidade não tem fundo!"
ontem
Edvaldo Rofatto replied to SAM MORENO's discussion O PENSAMENTO TUDO CRIA in ImagPoesia
"Seu poema, Sam, cumpre o itinerário da fantasia mesmo!
Desde a capa, ela começa a correr solta, depois avança pelo enredo de guerreiras, batalhas, belezas, aventurando-se num tom épico.
Mas, eisi que a última estrofe confirma o estofo lírico: a fant…"
ontem
Edvaldo Rofatto commented on Eudalia Alves Martins's blog post AOS AMIGOS!
"Um abraço igualmente carinhoso para você, Eudália!
Que feliz inspiração comemorar o Dia do Amigo com um poema!"
ontem
Edvaldo Rofatto posted a blog post
ANIVERSÁRIO                       a Zeka AvelarComo hoje é o teu aniversário A somar tanta idade acumulada, Se tua renitente infância Dá a luz de todas as manhãs A noites de tantas pessoas? Renasces cada dia mais menino Tanto mais os homens env…
Quinta-feira
Edvaldo Rofatto commented on Luiza Menin Manfredi's blog post Anoitecendo....(prosa poética)
"A poesia é, antes dde tudo, um jeito de olhar o mundo.
Aqui, Luiza, você se confirma, mais uma vez, poeta desde a alma!"
Quinta-feira
Edvaldo Rofatto commented on ZKFeliz's blog post O BOLO DO ZK
"Jiló, arruda e boldo! Quero esse bolo inteiro, uma fatia de 360º! Há ingredientes melhores que esses pra desentupir o fígado e fazer brotar sorrisos? 
Parabéns, Zeka! Deus o abençoe sempre e nos contagie com a sua alegria!"
Quinta-feira
Edvaldo Rofatto commented on Cristina Maria Afonso Ivens Duar's blog post O Incerto
"Belíssima peça, Cristina! 
Uma terna melancolia que nos envolve, durante a leitura, é muito bem-vinda como sugestão poética!
E reconhecemos que uma incerteza também faz parte das histórias de amor."
Quinta-feira
Edvaldo Rofatto commented on Angel's blog post Venha!
"Nossa! A emoção é quase palpável, Angélica!
E as palavras, criteriosamente escolhidas, reforçam o apelo dramático!
O todo configura um território poético pungente - e por ele vamos com a emoção aflorando a cada verso!"
Quinta-feira
Mais…

Meu Blog

Aniversário

ANIVERSÁRIO

                       a Zeka Avelar

Como hoje é o teu aniversário
A somar tanta idade acumulada,
Se tua renitente infância
Dá a luz de todas as manhãs
A noites de…

Saiba mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Abril 26


1) Qual o teu nome completo?

Edvaldo Aparecido Rofatto


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

26-04-1962


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Limeira-SP-Br


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Descobri os livros como preciosidade quando, criança, meu pai me proibiu de tocá-los para não os estragar. Desde então, a palavra me põe em alerta: para lê-la, há que se mergulhar num universo estranho de outrem e tentar se encontrar num labirinto (onde a saída? há saída?); para escrevê-la, há que se voltar para dentro de si mesmo, retroceder até o passo para o abismo e deixar-se cair: talvez, a meio caminho, aprenda-se a levitar, talvez no fundo se despedace e se refaça o lavrador de letras para retornar mais forte. Se for diferente, é rasa, é pouca, é desnecessária a safra. Palavra é o inferno onde legiões assomam, seduzem, assombram - e de lá se volta, em assunção, para certeza da nossa frágil humanidade, ainda mais quando esta reconhece a dignidade mesma da palavra que é insuficiente para a dimensão, que é postergada para o depois do sentimento,que é turva na sua superfície enganadora, mas absoluta no espelhamento do que somos em aleluia, ou em agonia.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Veraiz Souza


8) Concorda que as poesias eróticas (caso as poste), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim.


9) Concorda em interagir conforme possa, com os demais membros participando e interagindo das atividades da Casa?

Sim.


10) Concorda em NÃO POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

Sim.


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://www.facebook.com/rofatto.textos/?fref=ts


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

SATURNO Manhãs que nascem escuras para rubras noites de lava a derramar-se na ardente face, onde olhos baços de estátua têm pupilas voltadas para dentro – imprecisos horizontes de saaras que espocam miragens do que foi o sono antigo dos inocentes, o sonho profundo dos amantes, o nirvana almejado por defuntos... Mas desaparece o fogo fátuo na paisagem estendida aos vazios. Em mundos de nenhum limite, existem anacrônicos caminhos à margem de qualquer fronteira. Hoje é só um outro nome do Tempo, sempre ávido de seus filhos mortos – nenhum futuro, nenhum passado do que seria a quimera da felicidade, não fosse a carnificina dos deuses. EU, LÍRICO Como sangue, teu verso Levará tuas dores, Prazeres e temores. Põe nas tuas palavras Tuas falsas verdades E sinceras mentiras, Para seres, no tempo Mutável como tu, O de agora e de sempre. Aprende a renascer Se outra maior vontade Fizer no teu poema Teu mais fiel retrato. Abandona-te à sorte De ser menos quem és Para mais destacar, Além do mero humano, Teu berço de esteta E cova de espartano.


Profile Style - Long Answer - Codigos Ning - Não Responda esta Questão -

body{ background-color: #999; background-image:url(http://ekladata.com/srHxRLk-3bDJ-_tV8qMACNe3elg/paisagem-fundo.png) !important; background-attachment: fixed; background-position: bottom center; background-repeat: repeat; } a { color: #000!important; } a:hover { color: #000 !important; } .container { background: url(http://images.comunidades.net/tra/trabalhoslivita/brancotransparente.png) repeat scroll 0 0 transparent; border:2px ridge #000 !important; border-radius: 5px 5px 5px 5px; -webkit-box-shadow: 0px 0px 24px 4px #000; box-shadow: 0px 0px 24px 4px #000; padding-top: 25px; color: #000; font-family: Constantia; font-size: 125%; font-weight: bold; } .sheet{ background: url()repeat scroll 0 0 #e7e7e7!important; border:2px ridge #000 !important; -moz-border-radius: 5px; border-radius: 10px 10px 10px 10px; box-shadow: 0 0 4px 4px #000; padding: 20px 5px; } .profileCoverArea { background-repeat: no-repeat; } .profileCoverArea .profileCoverArea-box { background-color: transparent; } .profileCoverArea .profileCoverArea-box .profileCoverArea-bio { background-color: #999; color: #000; height: 170px; overflow-y: auto; opacity: 0.4; filter:alpha(opacity=40); } .profileCoverArea { height: 710px; } .banner-frame { border-radius: 0px; border-style: none; background-color: #6a6f01! important background-image:url () !important; height: 760px; }


Minhas fotos

Grupos que participo

Minhas Discussões

MAL-ENTENDIDO

                                                                                                                                                                                       

Saiba mais…

HERCÚLEA

HERCÚLEA* Ele te aguarda para a luta. Se queres vencê-lo, depõe tuas armas. Só tua palavra pura te basta!No fundo da imponderável gruta(Nemeia bem dentro de ti),Domina a felina destrezaQue ele tem para fazer-te sofrerUsando tudo que são garras e…

Saiba mais…

EX-LÍBRIS

Poesia intertextual com "Dom Casmurro", de Machado de Assis, em que Bentinho sugere traição de Capitu, a dos olhos de cigana oblíqua e dissimulada, a dos olhos de ressaca, com o seu melhor amigo, Escobar.

Saiba mais…

4º ESTADO

4º ESTADO Em fio, A Palavra cai Dos olhosE corre em verso Escrito para ser Cristal, clara formaVolátil e definitiva De ver a vida. Além do que não foi.Fóssil do que não existiu,A consciência tardia,Carbono que arde fácilEm palavra líquidaE…

Saiba mais…

REFLEXOS

REFLEXOS Soberbos, calcando penhas escuras, Negros cavalos de ébano passaram Quebrando pedras que arremessaram Cascalhos voando das ferraduras. Todas essas contas cósmicas boiaram Nos breus, muito longe das criaturas, Junto ao barco da Lua, nas…

Saiba mais…

ALBA D'AMOR SOÑADO

ALBA D’AMOR SOÑADO – Enquanto o dia non vem, Pregunta-me, Senhora miña, Sobre tôdalas aves que non chegarom E eu as farei cantar a teu coraçom. – Cóntame-me, Amigo meu, Enquanto é noite aínda, Que cantares ouve quem soña en silêncio O amor tardio…

Saiba mais…

MUTUAMENTE

MUTUAMENTE                                               à Edith Lobato,  poeta e leitora atenciosa, em cuja pessoa homenageio a todos da CPP Escrevo um texto e nele me clareio, E de ti, o que no poema lido Sentes une à fração seu outro meio,Antes…

Saiba mais…

Autor em tela

Bate papo CPP

CPP