A estrada

A estrada
sonhos longínquos da chegada
Muitas vidas sem vida e sem nada
Vivem miserando o pão da vida
Desiludidos seguem a sua caminhada

Com olhos cheios de lágrimas
Rostos marcados pelo o sofrimento
Gritando em lamentos
Suplicando a misericórdia, sofrendo a humilhação


Sem forças por não ter mais a esperança
O frio congela o corpo e o coração
Nessa estrada da vida morrem como indigentes
Esquecidos no abismos da solidão

Hilton Rubens

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • This reply was deleted.
    • Obrigado poeta Jorge a realidade da vida é dura, enquanto muitos vivem pela ambição outros 

      vivem como renegados miserando o pão da vida. Abraços   

  • Comovente poeta porém merece aplausos por tua capacidade de o fazer parabéns bjs.

    • Obrigado querida poetisa Meire é triste a realidade de muitos seres humanos a escravidão nunca acabou 

      simplesmente só mudou de configuração. Bjs

  • Impacta muito, poeta amigo.

     A imagem e o poema.

     Bom demais.

     Doi demais.

     Parabéns e obrigada pela sua sensibilidade.

    3610887?profile=original.

    • Sim amiga Nieves vivemos uma triste realidade sem igualdade social

      infelizmente nada fazem para ameniza a fome de tantas vidas esquecidas espalhada pelo o mundo, obrigado! Abraços 

  • Gestores

    Infelizmente isto acontece todos os dias... poucos com muito e muitos sem nada... é a indústria da pobreza gerando milhões para os bolsos dos grandes... Parabéns Hilton por teu texto... mui belo e reflexivo...

    • Obrigado querida Maria Angélica infelizmente essa é a dura realidade de muitos!

  • Gestores

    Éis ai o retrato  do descaso dos poderosos. Será que isso um  dia vai mudar? aplausos!

    • Obrigado querida Marso, infelizmente acho que nada vai mudar a tendência é piorar! Bjs

        

  • This reply was deleted.
    • Desde o começo da humanidade o homem se tornou escravo a sua própria ambição

      Esquecendo do verdadeiro significado da vida! Obrigado Querida. Abraços!

This reply was deleted.
CPP