A MORTE

A morte é pequena,
grande é a cena,
o Céu que acena,
a dor e a pena...

A morte é um passo
que abre espaço,
espreme o bagaço
do nosso cansaço.

A morte é passagem,
não o fim da viagem,
nem tampouco triagem
como acena a imagem.

A morte assusta,
parece injusta,
saudades que custa
à quem não a busca.

                                                                       Paolo Lim

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    RESCUE!!!

    COM MAIS APLAUSOS!!!

    gaDs

  • Gestores

    Eu ainda não descobri se a morte é fim ou, começo... Lindíssimo! Bjs

  • A morte é a vida.

     A noite vencida...

     Bravo, querido Paolo.

     Beijos, ilustre poeta amigo bom.

    3668844?profile=RESIZE_1024x1024

  • Parabéns, poeta, poema belo, reflexivo, sobre um tema que é considerado cruel, injusto... A morte é a passagem com certeza... Abraços, paz e Luz!!!

This reply was deleted.
CPP