Alegria de viver

Manhã quente, sol brilha, primavera

Além do perfume das flores

Sinto outro a me estontear, pudera

Seu perfume transmite odores

Que difere de todas as flores.

Seu corpo que conheço bem

Deixa no caminho que passa

Tudo que vai mais além

Sentimento que extravasa

Meu coração você sabe bem.

Por isso, desci as escadas

Chegando á sala ofegante

Madeixas amassadas

Pés descalços, procuro o amante.

Sinto você meu amor

Seu cheiro, seu perfume

Deixa-me num torpor

Sinto do perfume das flores, ciúme.

Alma que sente o coração da gente

Faz-me enxergar seu vulto, sua imagem

Achego-me a você muito contente

Jogo a toalha, doo-me com coragem

Felizmente selamos nosso amor

Numa única imagem.

Veraiz Souza

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Veraiz Souza - Pai -

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Que lindo Veraiz!

  • Oi SAM, grata pela visita e comentário ao meu poema. Fico feliz que gostou.

    Abraços poéticos

  • Grata pela visita e comentário ao meu poema Rui do Vale Paiva. Que bom que gostou.

    Abraços poéticos

  • Parabéns por cada vocábulo escrito, eles são assaz encantadores.

  • Belíssima entrega de amor, Poeta Veraiz! Parabéns!

  • Lindo...afinal o que precisamos mesmo

    é alegria pra viver, sendo o amor a coluna

    mestra da nossa existência.

    Abraço poético

    FC

    • Sim caro poeta, que bom seria se todos os poemas fossem de alegria, levaríamos uma vida muito melhor às pessoas que estão ao nosso redor.

      Que bom seria se ao cumprimentar uma pessoa, ela sempre dissesse: - Estou bem e alegre.

      Como vc disse...O amor sendo a coluna mestra da nossa existência.

      Grata pelas palavras de carinho e um abraço poético de Veraiz, poetisa feliz

  • Gestores

    3639026?profile=original

    • Grata Marsoalex pelo Destaque em meu poema. Ainda aprendendo muito com vocês, mas me alegro quando gostam do que faço.

      Um beijo grande de Veraiz, poetisa feliz

This reply was deleted.
CPP