Poesias

Carta de amor na escola


Um certo dia, no mural de correspondência da escola,
Eu recebi uma carta de amor sem assinatura, que dizia assim:
Menino sardentinho e de olhos castanhos clarinhos,
Você não tem ideia como faz pular o meu coraçãozinho.

Te vejo pela manhã indo entregar o leite, mas você não me ver.
Também vejo você pela tarde na escola brincando com seu amigos
Enquanto eu em brincava com minhas colegas.
Nunca tive coragem de dizer o quanto eu te amo, minhas 
Colegas queriam até contar, mas eu não as deixei.

Em breve não o verei mais, pois minha família vai se
Para outro estado bem longe.
Sei que vou sentir muita saudade de ver você pela escola,
Mas levo você comigo pulando no meu coração.
Algum dia você saberá quem foi que escreveu em
Linhas tortas, porém com um olhar tão reto.
Te amo!

Jilmar Santos
 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Ah! Que beleza são as cartas de amor quase infantis! Lindo! Bjs

  • Parabéns, poeta, poema lindo, primoroso, adorei; Abraços, paz e Luz!!!

  • Gestores Adm

    As cartas da juventude, tem coisas mais romântica?

    Coisas que marcam de modo suave a vida.

    • São marcantes!

  • Gestores

    destaqueg.jpg?width=400

    • Obrigado!!!!

This reply was deleted.
CPP