Gestores Adm

Fim de tarde

Fim de tarde

Final do dia exposto à minha frente,
o campo, os morros a perder de vista,
o sol que já se esconde e cobre a pista
de sombra e tom vermelho, transparente.

Olhando da varanda, atentamente,
a perfeição dos traços do alquimista,
cravados neta tela realista,
suave, sinto as marcas do presente.

as reses no curral mugindo ao longe
o som dolente da velha porteira
rangendo sobre o vento desta tarde

meu ser, emocionado, não esconde
recordações da minha vida inteira
e deste amor que, ainda traz, saudade.

Edith Lobato - 12/09/16

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores Adm

Edith Lobato

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Que coisa linda...cara poetisa!...Teu estado de espírito pintado na tua tela-coração!...

    Amei cada verso, cada estrofe; e te parabenizo por tão linda 

    e agradável obra poética!...

    Aplausos e beijos fraternos.

  • Lindíssimo parabéns amei te ler parabéns
  • Edith, maravilhada com o teu soneto!

    Fez-me lembrar da infância nesses fins

    de tardes! Dolente, manso, suave! bjs.

    • Gestores Adm

      Que bom que te trouxe boas recordações. Obrigada pela leitura.

  • Que lindo! Me vi neste lugar!
    Parabéns amada!
  • Gestores

    A1.jpg

This reply was deleted.
CPP