Poesias

LAMENTOS

“LAMENTOS”

 

 

Lamentar a busca

o tempo perdido

os caminhos tortuosos

as mentes nubladas

os meios-termos

as meias-palavras

os meios perdões

as meias desculpas

os desenganos

os desencontros

os pensamentos apagados

os sentimentos negados

as idas sem volta

os pesadelos sem fim

as buscas frenéticas

as caminhadas erradas

as trilhas pedregosas

os buracos sem fundo

as idéias perdidas

as palavras não pronunciadas

os carinhos não feitos

os abraços não dados

os corações endurecidos

e o amor esquecido.

 

Lamentar a busca

sem concluir os meios-termos

é como respirar meio ar

e amar apenas com

um lado do coração.

 

Lamentar a busca

é simplesmente

viver num meio espaço

quase apagado

e esquecido pelo tempo.

 

17-3-97 

JC BRIDON

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Eu, com certeza, não lamentei o que li. Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! bjs

  • Lamentar, enfim, é "meio-viver"...

    Mais que bom , querido Júlio.

    Superdestacado!

     Será que apenas vivo, então?

     Beijos grandes, meu irmão.

    SuperdestaqueCPP.jpg

This reply was deleted.
CPP